Helio dos Anjos - Al-Qadisiyah

Hélio dos Anjos vem ajudando a tirar o Al-Qadisiyah das últimas colocações (Foto: Divulgação)

LANCE!
10/02/2017
12:18
Khobar (SAU)

A sequência recente do Al-Qadisiyah no Campeonato Saudita parecia indigesta. Mas só parecia. Isso porque o time comandado pelo técnico brasileiro Hélio dos Anjos demonstrou sua força e consolidou sua recuperação nesta quinta-feira, ao golear o Al Ahli, por 4 a 1, com show dos brasileiros Elton (ex-Corinthians) e Bismark (ex-ABC e Icasa).

Este foi o terceiro resultado positivo seguido diante dos três principais times do torneio. Antes, o Al-Qadisiyah havia empatado com o líder Al Hilal, por 1 a 1, na semana passada, vencido o terceiro colocado Al Nasr, por 3 a 2, há duas semanas, e goleou o vice-líder Al Ahli.

- Minha análise é que foram três ótimos resultados, contra as três melhores equipes do Campeonato Saudita e do país. A nossa equipe hoje é altamente competitiva, com alternativas ora mais defensiva ora mais ofensiva e isso tudo tem acontecido em função do belo trabalho na preparação física e do trabalho de toda a comissão técnica no geral. Fiquei feliz porque são resultados conquistados com aplicação, com postura tática bem definida, com nível alto de competitividade e, principalmente, com a qualidade dos jogadores - disse Hélio dos Anjos.

Em casa, no estádio Prince Saud bin Jalawi Stadium, na cidade saudita de Khobar, o Al-Qadisiyah contou com o apoio de sua torcida para construir a bela vitória. O primeiro gol saiu aos 40 minutos, quando a defesa do Al Ahli tentou fazer a linha de impedimento, mas vacilou e deixou o meia Elton livre na esquerda do ataque. O brasileiro, com inteligência, cruzou de primeira para a área e o zagueiro Abdulmuhsen Fallatah marcou, de esquerda.

Já nos acréscimos do primeiro tempo, o meia-atacante Bismark fez bela jogada e foi derrubado pelo adversário. O juiz assinalou a falta e, numa cobrança perfeita, Elton colocou a bola na área e, de carrinho, Fallatah marcou o segundo do Al-Qadisiyah e seu segundo no jogo, para delírio de Hélio dos Anjos no banco de reservas.

- O Elton tem um cartaz imenso aqui na Arábia Saudita, construído, principalmente, com uma coisa que é muito importante para o jogador estrangeiro aqui no Mundo Árabe: ele se adaptou à realidade, ao país, à cultura, aos costumes e aos seus companheiros. Ele foi muito inteligente e conquistou um espaço muito grande. O Elton agrega qualidade, competitividade, e como é um jogador de muito cartaz aqui, ele personaliza a equipe. No jogo de hoje (ontem) ele encontrou espaço para jogar, deu duas assistências no primeiro tempo e foi decisivo na etapa final.

O terceiro gol saiu aos sete minutos do segundo tempo. Após lindo lançamento do volante Naif Hazazi, do campo de defesa, o brasileiro Bismark com um belo toque de peito fintou o zagueiro e o goleiro e, com o gol livre, só empurrou para a rede para marcar. Aos 31 minutos, para fechar com chave de ouro a goleada, após passe do nigeriano Patrick Eze, o saudita Naif Hazazi bateu de fora da área e marcou um golaço. No fim, ainda deu tempo do Al Ahli diminuir com gol de Omar Al Somah.

Hélio dos Anjos vai fazendo jus à aposta do Al-Qadisiyah quando o contratou para tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Saudita. Afinal, o brasileiro comandou a equipe em dez jogos do torneio até aqui (quatro vitórias, quatro empates e somente duas derrotas) e soma um bom aproveitamento de 53% dos pontos disputados. Com a goleada, chegou provisoriamente ao oitavo lugar na tabela. Para efeitos de comparação, antes da chegada de Hélio dos Anjos, o Al-Qadisiyah estava em 13º e tinha um aproveitamento baixíssimo de 16% dos pontos disputados, sem ter vencido nenhum jogo.