icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/08/2015
13:03

O Manchester City foi a campo neste sábado, 29, e saiu com mais um resultado positivo no Campeonato Inglês, Diante do Watford, em casa, o time de Manuel Pellegrini mostrou toda sua força e garantiu os três pontos ao vencer o confronto por 2 a 0, gols de Sterling e Fernandinho, ambos no segundo tempo.

Com a vitória, o City garantiu a liderança isolada da Premier League, com 12 pontos, além de ser o único time com 100% de aproveitamento na competição.

Com amplo domínio de jogo, os Citizens deitaram e rolaram sobre o Watford. Abusando das jogadas em velocidade e tabelas entre Sterling, Agüero e Navas, com Silva sempre aparecendo por trás, os donos da casa tiveram amplo domínio de jogo, mas pecaram muito nas finalizações durante a primeira etapa.

A pressão era tamanha, que o brasileiro Gomes foi o principal destaque dos visitantes, realizando pelo menos dois milagres. E se a pressão na primeira etapa era grande, na segunda só aumentou. Logo aos dois minutos, Sterling recebeu cruzamento da direita e sozinho na área desviou para o fundo das redes. Menos de dez minutos depois, Fernandinho ampliou em chute forte de perna direita.

Se a situação no City é tranquila, no Chelsea o momento é conturbado. Mesmo com o apoio dos seus torcedores, os Blues foram derrotados pelo Crystal Palace, por 2 a 1, no Stamford Bridge. O lateral Ward foi o carrasco e responsável por acabar com a alegria dos donos da casa.

Chelsea foi derrotado em casa (Foto:AFP)

Com um espírito totalmente diferente do mostrado na última rodada, quando venceu o West Bromwich por 3 a 2, o time de José Mourinho mostrou muitas dificuldades na criação das jogadas. Pedro e Diego Costa pouco apareceram durante o confronto. O principal destaque do time foi o goleiro Courtois, que só na primeira etapa salvou duas vezes, uma com o pé em chute de Sako e outra após finalização de Cabaye.

Na volta do intervalo, o Chelsea melhorou, passou a trabalhar mais a bola e quase inaugurou o marcador com o zagueiro Cahill, mas Sako salvou na linha. E o destino realmente estava sorrindo para o meia do Crystal. Dois minutos após impedir o gol dos Blues, coube ao próprio Sako fazer o primeiro tento do jogo.

O Chelsea chegou ao empate com Falcao García, de cabeça, seu primeiro gol pelo time inglês, mas o lateral Ward acabou com a festa e garantiu a vitória para os visitantes. A partida marcou a estreia oficial do jovem Kenedy com a camisa do Chelsea, que apareceu bem, mas não conseguiu evitar a derrota.

Liverpool foi goleado em casa (Foto: LINDSEY PARNABY / AFP)

Outro time que acabou derrotado em casa foi o Liverpool. Contra o West Ham, a fragilidade da defesa dos Reds mais uma vez foi crucial para o resultado. Logo aos três minutos, o argentino Lanzini, ex-Fluminense, apareceu livre na área para marcar. Aos 29, mais uma bobeada da defesa. Cresswell perdeu bola na lateral, e Noble, sozinho na entrada da área, chutou para ampliar e fechar o marcador.

O brasileiro Philippe Coutinho não conseguiu repetir suas boas atuações a acabou expulso na partida, após levar o segundo cartão amarelo.

Não satisfeito com o placar, o West Ham fez mais um, desta vez com o atacante francês Sakho, fechando a goleada por 3 a 0.

OUTROS JOGOS

Aston Villa 2 x 2 Sunderland
Bournemouth 1 x 1 Leicester
Stoke City 0 x 1 West Brom

O Manchester City foi a campo neste sábado, 29, e saiu com mais um resultado positivo no Campeonato Inglês, Diante do Watford, em casa, o time de Manuel Pellegrini mostrou toda sua força e garantiu os três pontos ao vencer o confronto por 2 a 0, gols de Sterling e Fernandinho, ambos no segundo tempo.

Com a vitória, o City garantiu a liderança isolada da Premier League, com 12 pontos, além de ser o único time com 100% de aproveitamento na competição.

Com amplo domínio de jogo, os Citizens deitaram e rolaram sobre o Watford. Abusando das jogadas em velocidade e tabelas entre Sterling, Agüero e Navas, com Silva sempre aparecendo por trás, os donos da casa tiveram amplo domínio de jogo, mas pecaram muito nas finalizações durante a primeira etapa.

A pressão era tamanha, que o brasileiro Gomes foi o principal destaque dos visitantes, realizando pelo menos dois milagres. E se a pressão na primeira etapa era grande, na segunda só aumentou. Logo aos dois minutos, Sterling recebeu cruzamento da direita e sozinho na área desviou para o fundo das redes. Menos de dez minutos depois, Fernandinho ampliou em chute forte de perna direita.

Se a situação no City é tranquila, no Chelsea o momento é conturbado. Mesmo com o apoio dos seus torcedores, os Blues foram derrotados pelo Crystal Palace, por 2 a 1, no Stamford Bridge. O lateral Ward foi o carrasco e responsável por acabar com a alegria dos donos da casa.

Chelsea foi derrotado em casa (Foto:AFP)

Com um espírito totalmente diferente do mostrado na última rodada, quando venceu o West Bromwich por 3 a 2, o time de José Mourinho mostrou muitas dificuldades na criação das jogadas. Pedro e Diego Costa pouco apareceram durante o confronto. O principal destaque do time foi o goleiro Courtois, que só na primeira etapa salvou duas vezes, uma com o pé em chute de Sako e outra após finalização de Cabaye.

Na volta do intervalo, o Chelsea melhorou, passou a trabalhar mais a bola e quase inaugurou o marcador com o zagueiro Cahill, mas Sako salvou na linha. E o destino realmente estava sorrindo para o meia do Crystal. Dois minutos após impedir o gol dos Blues, coube ao próprio Sako fazer o primeiro tento do jogo.

O Chelsea chegou ao empate com Falcao García, de cabeça, seu primeiro gol pelo time inglês, mas o lateral Ward acabou com a festa e garantiu a vitória para os visitantes. A partida marcou a estreia oficial do jovem Kenedy com a camisa do Chelsea, que apareceu bem, mas não conseguiu evitar a derrota.

Liverpool foi goleado em casa (Foto: LINDSEY PARNABY / AFP)

Outro time que acabou derrotado em casa foi o Liverpool. Contra o West Ham, a fragilidade da defesa dos Reds mais uma vez foi crucial para o resultado. Logo aos três minutos, o argentino Lanzini, ex-Fluminense, apareceu livre na área para marcar. Aos 29, mais uma bobeada da defesa. Cresswell perdeu bola na lateral, e Noble, sozinho na entrada da área, chutou para ampliar e fechar o marcador.

O brasileiro Philippe Coutinho não conseguiu repetir suas boas atuações a acabou expulso na partida, após levar o segundo cartão amarelo.

Não satisfeito com o placar, o West Ham fez mais um, desta vez com o atacante francês Sakho, fechando a goleada por 3 a 0.

OUTROS JOGOS

Aston Villa 2 x 2 Sunderland
Bournemouth 1 x 1 Leicester
Stoke City 0 x 1 West Brom