Torcida do Peñarol no Estádio Centenário

Torcida do Peñarol arrumou confusão no último domingo, no Estádio Centenário (Foto: Reprodução)

LANCE!
24/10/2016
14:58
Montevidéu (URU)

Um torcedor foi ferido por disparos de uma arma de fogo, no Estádio Centenário, no último domingo, na partida entre Peñarol e Rampla Juniors, válida pela nona rodada do Campeonato Uruguaio. O incidente foi fruto de um tumulto ocorrido na torcida do Carbonero. O motivo da agressão teria sido uma desavença entre "barra-bravas".

Em meio ao caos nas tribunas, o árbitro Christian Ferreyra paralisou o jogo aos 15 minutos do primeiro tempo. Após conversas com autoridades, o juiz conduziu a partida até o fim do primeira etapa e, em seguida, suspendeu o encontro. O Rampla Juniors vencia por 1 a 0.

Segundo a imprensa uruguaia, o ferido tinha 33 anos e teve lesões em um braço e em um joelho. Ele, no entanto, foi operado e se encontra fora de perigo.

Responsável pela segurança nos jogos do campeonato local, Nelson Talias contou que ficou surpreso com o acontecimento do último domingo e como um torcedor conseguiu ingressar no Centenário com uma arma.

- Recorri o estádio e foi feita corretamente a verificação com os detectores de metal. Somente com câmeras não vamos solucionar nada. Isso não se resolve de um dia para o outro. Na Inglaterra, demoraram 20 anos para tirar os hooligans dos estádios - afirmou Talias, membro da AUF (Associação Uruguaia de Futebol).

O Peñarol é apenas o 11º colocado do Uruguaio, com apenas nove pontos, mesma pontuação do Rampla, que fica em desvantagem no saldo de gols.