Neymar brilhou mais uma vez com camisa do Barcelona (Foto: Divulgação)

Neymar chegou ao Barcelona em 2013 (Foto: Reprodução)

RADAR/LANCE!
08/07/2016
11:02
Barcelona (ESP)

O processo iniciado pela DIS contra Neymar e seu pai por supostos delitos e corrupções cometidas na transferência do atacante para o Barcelona será arquivado. A decisão foi tomada pelo juiz José De la Mata, na manhã desta sexta-feira.

Com isso, as questões judiciais envolvendo o jogador devem se encerrar, até pelo acordo financeiro que o clube catalão fez com o fisco espanhol - o Barça concordou em pagar uma multa de 5,5 milhões de euros (R$ 21,5 milhões) à Receita Espanhola para encerrar o "caso Neymar". 

No último mês, o LANCE! noticiou que Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona, acreditava que o acordo (citado acima) beneficiaria os blaugranas na disputa jurídica contra a DIS, grupo que tinha 40% dos direitos de Neymar e que acusa os catalães e o Santos de acertarem um preço para o Barcelona economizar uma fração destinada aos investidores.

Em contato com o LANCE!, Roberto Moreno, diretor-executivo da DIS, falou sobre a situação.

- Saiu uma decisão e vamos entrar com um recurso para um colegiado. Entendemos que a decisão não foi justa, em função da documentação exibida. Estamos confiantes de que a Justiça espanhola reformulará essa decisão pelo tribunal. Independentemente de tudo, a decisão foi favorável à DIS porque mostrou vários pontos que indicam ato ilícito civil. O civil está confirmado, mas o penal não, foi afastado agora. Estamos confiantes e até a próxima sexta-feira vamos recorrer - disse.

*Atualizada às 17h30