Companheiro de Neymar no PSG, o uruguaio Cavani marcou 16 gols e lidera a artilharia na França

Cavani soma 26 gols em 28 jogos pelo PSG em 2017/18 (Foto: Christophe Simon/AFP)

LANCE!
19/01/2018
12:02
Turim (ITA)

Se há atrito no vestiário, só o lado interno do Paris Saint-Germain pode responder com precisão. O fato é que, monitorando as recentes polêmicas envolvendo Cavani, a Juventus já estuda negociar para ter o uruguaio. 

De acordo com o jornal "Corriere dello Sport", Cavani pode retornar ao futebol italiano ainda em 2018. Antes de assinar com o PSG, o camisa 9, cabe lembrar, brilhou com as camisas de Napoli (de 2010 a 2013) e Palermo (de 2007 a 2010).

A publicação afirma que o interesse da Velha Senhora em Cavani é antigo, mais precisamente desde 2016, quando o clube de Turim acertou com Gonzalo Higuaín, que estava no Napoli e foi curiosamente contratado pelos Azzurri para substituir o matador da seleção uruguaia. 

Cavani é avaliado em 45 milhões de euros, aponta 'Transfermarkt'

Aos 30 anos, Cavani é o maior artilheiro da história do PSG, ao lado de Ibrahimovic - ambos têm 156 gols. Cavani marcou o último no massacre sobre o Dijon, por 8 a 0, pelo Francês.

O duelo contra o Dijon, aliás, ficou marcado por vaias da torcida parisiense a Neymar, criticado por não ter cedido a bola a Cavani já no fim, quando já havia marcado três vezes e poderia ter permitido que o uruguaio superasse Ibra.