(Foto: Divulgação)

Bruno Univi, jogador do Twente, durante treinamento da equipe holandesa  (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE
18/01/2016
16:36
Eindhoven (HOL)

Após encerrar o primeiro turno do Campeonato Holandês em dezembro com apenas 13 pontos e dividindo a penúltima colocação com o Cambuur, o Twente começou 2016 com goleada. Na primeira partida do ano, a equipe do brasileiro Bruno Uvini goleou por 4 a 0 o Heracles, na última sexta-feira, na cidade de Enschede.

Apesar do passeio sobre o quarto colocado no Holandês, o resultado não foi suficiente para tirar a equipe da zona do rebaixamento. Porém, foi o bastante para mudar o astral do grupo.

- Sabíamos que o time teria que voltar pra 2016 com outra "cara". Fizemos uma mini pré-temporada na Espanha durante a paralisação do campeonato e a nossa atuação contra o Heracles mostrou a importância de termos aproveitado bem esse período. Vencemos merecidamente, sendo superiores todo o tempo e isso era exatamente o que precisávamos. Temos metade do campeonato ainda por jogar e acreditamos que podemos escrever uma história bem diferente da que ocorreu no primeiro turno - destacou o ex-são-paulino.

Com a mesma pontuação que o Roda (16), primeira equipe fora da zona da degola, o Twente terá na décima nona rodada a oportunidade de finalmente deixar o grupo dos clubes que seriam rebaixados. O rival no entanto, não será dos mais fracos. O tradicional PSV receberá o time do defensor brasileiro de olho na liderança da competição. Motivado com a goleada, Bruno espera poder surpreender os rivais.

- Será logicamente uma das partidas mais difíceis da competição. O PSV é vice-líder, a equipe que menos perdeu e briga pelo título com o Ajax. Eles venceram o Feyenoord ontem(domingo) por dois a zero e com isso praticamente afastaram o adversário da busca pelo troféu. Entretanto, nós vamos enfrentá-los com a moral alta, depois dessa grande atuação. Acho que eles irão se surpreender com o que encontrarão - disse confiante.

A partida diante do PSV acontecerá no próximo domingo, às 11h, no Philips Stadion, em Eindhoven.