Uli Hoeness

Hoeness foi libertado em fevereiro (Foto: divulgação)

LANCE!
08/08/2016
13:53
Munique (ALE)

Uli Hoeness, ex-presidente do Bayern de Munique, anunciou nesta segunda-feira que vai concorrer à eleição no clube, em novembro. O dirigente foi libertado em fevereiro após cumprir 21 meses de prisão por sonegação de impostos. Apesar disso, ele acredita que pode ser reeleito ao posto, uma vez que o atual mandatário, Karl Hopfner, não irá concorrer.

- Foi um acordo entre Karl Hopfner e Uli Hoeness - informou o Bayern de Munique, em comunicado.

O fato de ter sido condenado pela Justiça e cumprido quase dois anos de pena não é impedimento para Hoeness ser candidato à presidência do Bayern, apesar de o clube não ter discutido isso publicamente. Ele é favorito para ser o novo mandatário do time bávaro.

Hoeness é visto como um dos homens que reergueram o Bayern de Munique. Com mais de 40 anos dedicados ao clube, ele se declarou culpado desde o início do processo por ter sonegado cerca de 28,5 milhões de euros em impostos. Ele ficou preso em Landsberg, onde Adolf Hitler escrever "Mein Kampf".