Istambul

Atentado terrorista chocou a Europa (Foto: AFP)

RADAR/LANCE!
11/12/2016
14:29
Istambul (TUR)

Após o ataque que chocou o mundo na noite do último sábado, onde um carro-bomba explodiu próximo ao estádio do Besiktas, em Istambul e deixou 38 mortos. Indignada com a ação que era contra a a polícia local, Turquia prometeu uma "vingança" contra o terrorismo.

Um dos integrantes do Partido dos Trabalhados do Curdistão (PKK), o TAL (Falcões da Liberdade do Curdistão) assumiu a autoria do atentado que chocou a Europa neste sábado, através de uma nota soltada em seu site.

Mais de 130 pessoas ficaram feridas e bombas mataram 27 policiais. Segundo autoridades turcas, número da tragédia não foi maior, por ter acontecido cerca de duas horas após o término da partida entre o Besiktas e Bursaspor.

Antes da confirmação do ataque do PKK, o ministro do Interior, Suleyman Soylu já indicavam que explosão teria sido causada por eles e falou em vingança.

- Mais cedo ou mais tarde, teremos nossa vingança, este sangue não será deixado no chão, não importa o preço - disse Soylu.

- Para aqueles que tentam defender os perpetradores...Não há desculpa para isso - finalizou.