Sheik Salman (Foto: Divulgação)

Salman é um dos favoritos (Foto: Divulgação)

LANCE!
05/02/2016
13:39
Kigali (RUA)

A Confederação Africana de Futebol (CAF) tomou uma decisão nesta sexta-feira, e resolveu apoiar o xeque Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, do Bahrain, nas eleições da Fifa. Desta forma, a disputa, que será neste mês, ficará entre ele e o suíço Gianni Infantino, que é o secretário-geral da Uefa. O anúncio foi feito durante a reunião da CAF que acontece em Ruanda.

A entidade já oficializou o apoio, e a tendência é que faça a votação em bloco, como tradicionalmente faz. Desta forma, o xeque do Bahrein passa o seu rival europeu nas prévias da disputa, já que a CAF era uma confederação fundamental na disputa.

Antes de garantir o apoio africano, Salman já tinha confirmado que receberia os votos asiáticos. No total, ele já tem garantidas 100 escolhas para a eleição do próximo dia 26.

Enquanto isso, Gianni Infantino está bem perto. Ele tem os 10 votos da Conmebol, 53 da Uefa, e diz que tem apoio da Concacaf, que representam mais 35. Ou seja, bate 98. Desta forma, a Oceania torna-se decisiva na disputa.

Alem deles, outros candidatos também estão na disputa, mas agora já ficam praticamente sem chances. Jerome Champagne e Tokyo Sexwale também estiveram em Ruanda buscando apoio, enquanto Ali bin Hussein, o príncipe da Jordânia, não esteve presente.