LANCE!
10/10/2016
07:05
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense está de casa nova. Nesta terça, pela primeira vez, o elenco profissional trocará o bairro das Laranjeiras pela Barra da Tijuca, aonde está localizado o novo e moderno Centro de Treinamento do clube. Por enquanto, a mudança não é definitiva - nesta semana, apenas um treino será realizado lá -, mas é um caminho sem volta.

Com o investimento de R$ 30 milhões, o CT ainda sem nome definido será o lar do Tricolor nos próximos 100 anos, afirmou o presidente Peter Siemsen na inauguração do local em 21 de julho, data do aniversário de 114 anos do Flu.

A mudança definitiva para o novo lar ainda não está decidida, mas com um dos três campos em condição ideal e o vestiário pronto, o elenco pode ser recebido no complexo. São 40 mil metros quadrados e um sonho antigo do Fluminense que torna-se realidade.

A instalação hidráulica e elétrica está concluída, assim como as piscinas estão prontas para uso. A quadra de futevôlei também já está à disposição dos jogadores, enquanto a sala de musculação aguarda os equipamentos.

- Estudamos muito para construir um CT de ótima qualidade e baixo custo com o melhor para o Fluminense - declarou Pedro Antônio Ribero, vice de Projetos Especiais e principal responsável pelo CT. O dirigente completou:

- Os outros CTs do Brasil vão ter de correr muito para se igualarem ao nosso - afirmou Pedro Antônio.

De imediato, Levir e seus comandados saem ganhando com a nova casa. O gramado do Estádio das Laranjeiras não apresenta as melhores condições há algum tempo. Além da infraestrutura, a privacidade será maior no CT, já que na sede histórica as atividades são, quase diariamente, abertas aos sócios do Flu.

O fim do contrato com a Escola de Educação Física do Exército, a EsFEx, no dia 29 de setembro, também ajudou na estreia do novo Centro de Treinamento. O local na Urca era utilizado como alternativa às Laranjeiras, quando esta estava impossibilitada por partidas das categorias de base do Fluminense.