Reginaldo deve voltar a ser titular do Fluminense contra o Grêmio

Reginaldo deve voltar a ser titular do Fluminense contra o Grêmio (Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)

LANCE!
30/09/2017
15:15
Rio de Janeiro (RJ)

Sem atuar desde o dia 16 de julho, Reginaldo vive a expectativa de ser titular do Fluminense mais uma vez. Afinal, para o jogo contra o Grêmio, neste domingo, Abel Braga tem uma série de desfalques na defesa. O defensor, feliz por estar de volta à disposição do treinador, comentou como foram os trabalhos no CT Pedro Antonio neste período que ficou fora das partidas do Tricolor.

- Foram dois meses e meio sem poder fazer o que eu mais gosto, sem poder ajudar o grupo dentro de campo, mas continuei trabalhando. Desde o meu início na profissão, eu procuro sempre aproveitar ao máximo cada dia de trabalho, independentemente de estar jogando ou não - disse Reginaldo.

Renato Chaves e Henrique estão lesionados, enquanto Nogueira cumprirá suspensão. Abel não garantiu a escalação do camisa 40, afirmando que não houve tempo para testá-lo sequer em um jogo-treino após sua recuperação de uma lesão muscular. No entanto, o jovem Ibañez, que ainda não atuou pelos profissionais, é o outro nome que surge como opção para atuar com Frazan.

'Eu busco melhorar sempre para corresponder à altura quando a chance vier. É o mínimo que posso fazer: trabalhar firme para adquirir um bom porte físico e aprimorar a parte técnica, buscando sempre evoluir', afirmou Reginaldo.

Buscando reabilitar-se no Brasileiro, o Fluminense vai à Arena do Grêmio em busca de uma vitória. Com 31 pontos, o Tricolor inicia a 26ª rodada a apenas três pontos da zona de rebaixamento.

Reginaldo projetou o confronto com o Grêmio. O retrospecto em 2017 não é dos melhores: foram três jogos, e o time de Renato Gaúcho venceu todos: 3 a 1, em Porto Alegre, e 2 a 0, no Rio - ambos pela Copa do Brasil -,  e outro 2 a 0, no Maracanã, pelo Brasileirão.

- Essa partida será muito importante. Jogos desse nível são sempre bons de jogar, ressaltam a grandeza dos clubes e a qualidade dos jogadores. Sabemos que vamos enfrentar uma equipe qualificada e temos que respeitar isso, mas também sabemos que temos que atuar com confiança para sair de lá com três pontos. Concentração é a palavra-chave para fazermos um bom jogo - analisou.