Matheus Dantas
11/10/2016
18:39
Rio de Janeiro (RJ)

O dia no Fluminense foi de reconhecimento do novo Centro de Treinamento. Pela primeira vez o grupo profissional treinou no complexo esportivo - que ainda está em obras -, e o clima foi bastante leve entre jogadores, comissão técnica, diretoria e funcionários, mas Levir Culpi não deu indicações do time que entra em campo na quinta-feira, contra o Flamengo, em Volta Redonda.

Apenas a parte inicial do treino de foi aberta à imprensa. Neste momento, o presidente Peter Siemsen e Pedro Antônio, VP de Projetos Especiais, reuniram-se no centro do gramado com os demais e disseram algumas palavras. Gum, capitão da equipe, o técnico Levir Culpi e o auxiliar Marcão também tiveram a palavra antes de todos posarem para fotos e registraram o momento histórico.

Após uma oração dos jogadores, comissão técnica e diretoria, a bola rolou no novo gramado do Campo 2 pela primeira vez por volta das 16h, mas a imprensa só pôde observar os 15 minutos iniciais, que não mostrou qual time será escalado contra o Flamengo. Na coletiva após o treino, Levir Culpi foi sincero ao ser questionado se a tendência é repetir o time dos últimos jogos:

- A tendência é não falar sobre a escalação - comentou o técnico Levir Culpi.

Neste primeiro momento, o Fluminense realizará treinos pontuais no CT da Barra da Tijuca. De acordo com o clube, a mudança definitiva acontecerá na próxima temporada. Atualmente dois dos três campos oficiais estão prontos, enquanto o edifício que hospedará todo o departamento de futebol está em construção. A academia - que ainda não recebeu os equipamentos -, sala de fisioterapia, vestiários e sala de aquecimentos estão à disposição do elenco.