icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/08/2015
10:08



O Fluminense eliminou o Paysandu na noite de quarta-feira ao vencer por 2 a 1, calou o lotado Mangueirão e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. A equipe está apenas seis partidas do segundo título da competição e, consequentemente, uma vaga na próxima Libertadores da América. Mas é preciso saber que a classificação veio na tradição do Tricolor das Laranjeiras. Ainda é necessário melhorar para que a festa de 2007 seja repetida em 2015.

Claro, vale sempre lembrar que o Fluminense, entre outros jogadores, não atuou ontem com Diego Cavalieri, Wellington Silva, Ronaldinho Gaúcho, Wellington Paulista e Fred. Mas isso não pode servir como desculpa. Alguns pontos precisam ser corrigidos pelo técnico Enderson Moreira. O sistema defensivo está na lista de prioridades. Especificamente sobre os zagueiros, qualquer bola dentro da área é um desespero. Marlon e Gum, principalmente, muitas vezes não passam confiança.

Ah, mas classificou e não teve nada de positivo? Sim e mais de um. Cícero, o principal nome do Fluminense na partida de ontem, fez um gol e ditou novamente o ritmo no meio de campo tricolor. Magno Alves, mesmo com quase 40 anos (39), mostrou outra vez que pode entrar e dar conta do recado quando Fred e Wellington Paulista não estiverem campo.Marcos Júnior também deu o seu recado, assim como Victor Oliveira, zagueiro que também joga como lateral-esquerdo, Gustavo Scarpa e Edson.

Agora é aguardar o sorteio que definirá o adversário do Fluminense nas quartas de final da Copa do Brasil. Certo mesmo, independentemente do rival, que vem pedreira pela frente. Em relação ao Brasileiro, o time está no G4 da competição, só que um pouco distante do título, mas isso é uma outra história.

E MAIS
> Fluminense 'eletrocuta' Paysandu em Belém e avança na Copa do Brasil
> ATUAÇÕES: Autor do primeiro gol do Flu, Cícero recebe melhor avaliação



O Fluminense eliminou o Paysandu na noite de quarta-feira ao vencer por 2 a 1, calou o lotado Mangueirão e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. A equipe está apenas seis partidas do segundo título da competição e, consequentemente, uma vaga na próxima Libertadores da América. Mas é preciso saber que a classificação veio na tradição do Tricolor das Laranjeiras. Ainda é necessário melhorar para que a festa de 2007 seja repetida em 2015.

Claro, vale sempre lembrar que o Fluminense, entre outros jogadores, não atuou ontem com Diego Cavalieri, Wellington Silva, Ronaldinho Gaúcho, Wellington Paulista e Fred. Mas isso não pode servir como desculpa. Alguns pontos precisam ser corrigidos pelo técnico Enderson Moreira. O sistema defensivo está na lista de prioridades. Especificamente sobre os zagueiros, qualquer bola dentro da área é um desespero. Marlon e Gum, principalmente, muitas vezes não passam confiança.

Ah, mas classificou e não teve nada de positivo? Sim e mais de um. Cícero, o principal nome do Fluminense na partida de ontem, fez um gol e ditou novamente o ritmo no meio de campo tricolor. Magno Alves, mesmo com quase 40 anos (39), mostrou outra vez que pode entrar e dar conta do recado quando Fred e Wellington Paulista não estiverem campo.Marcos Júnior também deu o seu recado, assim como Victor Oliveira, zagueiro que também joga como lateral-esquerdo, Gustavo Scarpa e Edson.

Agora é aguardar o sorteio que definirá o adversário do Fluminense nas quartas de final da Copa do Brasil. Certo mesmo, independentemente do rival, que vem pedreira pela frente. Em relação ao Brasileiro, o time está no G4 da competição, só que um pouco distante do título, mas isso é uma outra história.

E MAIS
> Fluminense 'eletrocuta' Paysandu em Belém e avança na Copa do Brasil
> ATUAÇÕES: Autor do primeiro gol do Flu, Cícero recebe melhor avaliação