icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/08/2015
07:02

Já virou lugar comum falar que, quando Fred não joga, o Fluminense sofre para encontrar um substituto. Sem o capitão para o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil hoje, às 19h30, diante do Paysandu, no Mangueirão, com transmissão em tempo real pelo site do LANCE!, o técnico Enderson Moreira escolheu alguém que tem números e fatos parecidos com os do camisa 9 nas Laranjeiras: Magno Alves.

– O Magno deve jogar, deve iniciar e o resto da equipe não deve ser muito diferente do que vem jogando. Temos que estar muito focados e preparados. Não gosto de lamentar os jogadores que estão ausentes, prefiro valorizar quem vai entrar em campo, enaltecer quem vai ter a oportunidade. São esses atletas que podem fazer com que a gente saia daqui classificado – explicou o treinador, sem lamentar a ausência de nomes como Diego Cavalieri, Ronaldinho Gaúcho e Fred.

Com 113 gols com a camisa do Fluminense, Magno Alves só não marcou mais gols que Fred pelo Tricolor no atual elenco. E na primeira partida das oitavas de final, foi ele quem abriu caminho para a vitória, balançando as redes após nove jogos neste retorno. Com o gol, o camisa 20 se tornou o jogador mais velho (39 anos) a marcar pelo Flu, ultrapassando Romário. E se diz pronto para o desafio de substituir Fred:

– Eu tenho entrado quando o treinador tem optado por mim e tenho certeza que vou dar meu melhor mais uma vez. Sabemos da importância deste jogo, creio que a Copa do Brasil é o caminho mais curto para a Copa Libertadores, que é um objetivo do time, mas vai ser uma partida complicada e temos a obrigação de sair daqui classificados.

Titular em uma partida tão importante, o Magnata encara a partida como uma oportunidade de mostrar serviço para o técnico Enderson Moreira:

– Esse jogo o Fred está fora, mas tem outros jogadores que podem substituir. Não só eu como outros também,  temos que aproveitar essas oportunidades para mostrar que também podemos ser titulares.



Já virou lugar comum falar que, quando Fred não joga, o Fluminense sofre para encontrar um substituto. Sem o capitão para o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil hoje, às 19h30, diante do Paysandu, no Mangueirão, com transmissão em tempo real pelo site do LANCE!, o técnico Enderson Moreira escolheu alguém que tem números e fatos parecidos com os do camisa 9 nas Laranjeiras: Magno Alves.

– O Magno deve jogar, deve iniciar e o resto da equipe não deve ser muito diferente do que vem jogando. Temos que estar muito focados e preparados. Não gosto de lamentar os jogadores que estão ausentes, prefiro valorizar quem vai entrar em campo, enaltecer quem vai ter a oportunidade. São esses atletas que podem fazer com que a gente saia daqui classificado – explicou o treinador, sem lamentar a ausência de nomes como Diego Cavalieri, Ronaldinho Gaúcho e Fred.

Com 113 gols com a camisa do Fluminense, Magno Alves só não marcou mais gols que Fred pelo Tricolor no atual elenco. E na primeira partida das oitavas de final, foi ele quem abriu caminho para a vitória, balançando as redes após nove jogos neste retorno. Com o gol, o camisa 20 se tornou o jogador mais velho (39 anos) a marcar pelo Flu, ultrapassando Romário. E se diz pronto para o desafio de substituir Fred:

– Eu tenho entrado quando o treinador tem optado por mim e tenho certeza que vou dar meu melhor mais uma vez. Sabemos da importância deste jogo, creio que a Copa do Brasil é o caminho mais curto para a Copa Libertadores, que é um objetivo do time, mas vai ser uma partida complicada e temos a obrigação de sair daqui classificados.

Titular em uma partida tão importante, o Magnata encara a partida como uma oportunidade de mostrar serviço para o técnico Enderson Moreira:

– Esse jogo o Fred está fora, mas tem outros jogadores que podem substituir. Não só eu como outros também,  temos que aproveitar essas oportunidades para mostrar que também podemos ser titulares.