Jorge Macedo (Foto: Nelson Perez/ Fluminense)

Jorge Macedo (Foto: Nelson Perez/ Fluminense)

LANCE!
26/09/2016
15:24
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense está na briga pela classificação para a Copa Libertadores do ano que vem, mas a diretoria já se movimenta para montar um plantel ainda mais qualificado na próxima temporada, tanto que já contratou Jefferson Orejuela e Junior Sornoza, destaques do Independiente Del Valle, do Equador.

Para o diretor de futebol do Tricolor, Jorge Macedo, as contratações feitas no meio da temporada, como o meia Marquinho e o atacante Wellington, deixam o elenco em condições iguais aos dos demais concorrentes ao G4 do Brasileiro, dando ao técnico Levir Culpi boas alternativas para colocar em campo.

- A equipe foi se consolidando e é complicado formar um elenco em meio de competição. Fizemos investimento no meio da temporada para ter um grupo forte. Competições longas como o Brasileiro só vence quem tem um plantel. Conseguimos trazer peças para aumentar o leque de opções para o Levir. Acreditamos muito que estaremos brigando até o final - comentou o diretor à "Rádio Tupi", antes de completar:

- Hoje a gente já vê uma base para a próxima temporada e o Fluminense estará muito mais forte. Temos um bom elenco e jogadores que desempenham diversas funções e isso é importante para mudar um jogo. Sai um, entra outro e isso aumenta a competitividade entre os jogadores - comentou o dirigente.

O planejamento para 2017, no entanto, ainda terá momentos decisivos antes de dezembro. Além da classificação ou não para a Copa Libertadores, o clube das Laranjeiras terá eleição presidencial na segunda quinzena de novembro. Mario Bittencourt, Pedro Abad, Pedro Trengouse, Celso Barros e Cacá Cardoso são os nomes que já tiveram suas candidaturas confirmadas.