João Pedro Granette
07/02/2017
12:56
Rio de Janeiro (RJ)

O quinto reforço do Flamengo para a temporada, o lateral-esquerdo Renê, de 24 anos, foi apresentado oficialmente nesta terça-feira no Ninho do Urubu e celebrou acerto com o rubro-negro. Contrato será de quatro anos e jogador falou sobre disputar a Libertadores. Atleta vestirá a camisa 6, que era de Jorge. 

- Mais um salto que estou dando na minha carreira, desde quando sai do Piauí que jogo pelo Sport. Jogar a Libertadores e num clube com a grandeza do Flamengo não tem preço. Espero ter um ano muito bom e com muitas alegrias.


Renê se apresentou e falou um pouco de suas características dentro de campo, revelando estar mais apto na parte defensiva. 

- Sou um cara que quando comecei era mais ofensivo. Hoje sou mais defensivo que ofensivo, mas venho trabalhando para igualar. Vou ajudar com desarmes, marcação forte e na frente dando passes para os meus companheiros fazerem os gols.

- No que o professor precisar, quero ser obediente com o que ele pede. No momento agora é trabalhar e respeitar o Trauco, que vem jogando. Vou me entrosar com a equipe para aproveitar as minhas oportunidades - completou falando sobre chances no time titular.

Lateral-esquerdo também falou sobre a disputa com Trauco na posição, que era de Jorge no ano passado. 

- Uma disputa sadia, todo grande clube tem jogadores para disputar posição aqui não vai ser diferente. Vou buscar o meu espaço trabalhando, mostrando para o que eu vim, e o que eu sei fazer. Se ele optar pelo Trauco, vou esperar a minha chance - disse Renê

Quando perguntado sobre a polêmica do Campeonato Brasileiro de 87, Renê desconversou e afirmou que veio para ser campeão.

- Eu vim para ser hepta, vou fazer meu trabalho. Não tenho nada a responder sobre isso.