Willian Arão não quis saber de polêmica com o meia vascaíno (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Willian Arão está disponível para enfrentar o América-MG, pela Primeira Liga (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

João Matheus Ferreira
17/02/2016
13:47
Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Muricy Ramalho ganhou um reforço para o jogo contra o América-MG, nesta quarta-feira, às 21h45, em Cariacica (ES), pela Primeira Liga. Depois de participar de uma audiência com o Botafogo, no Rio de Janeiro, o volante Willian Arão viajou para Vitória, capital capixaba e cidade vizinha ao local da partida, e se juntou ao elenco rubro-negro. O treinador, portanto, ganha mais uma opção no meio de campo para o duelo com o time mineiro.

A audiência faz parte do processo que o Botafogo ingressou contra o atleta no fim do ano passado, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RJ), após Arão ter devolvido o valor de R$ 400 mil pago pela diretoria alvinegra para a renovação automática do contrato do atleta com o clube. Enquanto não há uma decisão sobre o caso, o TRT liberou o atleta para jogar em outra equipe. No caso, o Flamengo, que já tinha acordo encaminhado com o atleta desde o fim do ano.

Para o jogo desta quarta, fica a dúvida sobre a formação que o Flamengo terá no meio de campo. Márcio Araújo, Willian Arão e Cuéllar disputam duas vagas. O mesmo acontece no ataque, com Marcelo Cirino, Gabriel e Everton. Sendo assim, o Rubro-Negro deve enfrentar o Coelho com Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo (Cuéllar); Cuéllar (Willian Arão), Mancuello, Marcelo Cirino (Gabriel) e Everton (Gabriel); Guerrero.