Guerrero - Flamengo

Guerrero voltou ao Flamengo nesta quarta, mas participação no clássico é incerta (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Paulo Victor Reis
12/10/2016
18:51
Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Paolo Guerrero está fora do clássico contra o Fluminense. Na reapresentação ao Flamengo após defender a seleção peruana, ele queixou-se de dores no músculo adutor da coxa direita. Com isso, ele nem viajou com os demais companheiros para Volta Redonda, onde a equipe rubro-negra enfrenta o Fluminense nesta quinta-feira, pelo Brasileiro. O peruano deixou o centro de treinamento com o uniforme nas mãos, num carro particular. 

Guerrero passou por uma avaliação no Centro de Excelência em Performance (CEP) e pelas mãos da fisioterapia nesta quarta, no Ninho do Urubu. Ele foi visto com uma bolsa de gelo na coxa direita e mais tarde o Flamengo informou que o peruano reclamou de dores no local. 

O outro jogador do Flamengo que estava disputando as Eliminatórias da Copa do Mundo, o goleiro Alex Muralha, chegou ao Ninho por volta das 17h desta quarta, após retornar de viagem com a Seleção Brasileira. Como não jogou com a Amarelinha, ele não será problemas para o clássico. O camisa 38 treinou à parte com o preparador Victor Hugo, quando os demais atletas já tinham deixando o gramado.

Com o desfalque de Guerrero, Leandro Damião será o titular no ataque do Flamengo contra o Tricolor. Para o clássico, Zé Ricardo garante que o time rubro-negro não deve ter surpresas. Alan Patrick deve começar jogando novamente. 

- É difícil de falar em muitas trocas quando você encontra uma maneira mais condicionada de jogar. Apesar de que o nosso grupo tem mostrado que as trocas não têm feito tanta diferença. Quem joga mais acaba adquirindo um ritmo de jogo melhor. Às vezes, a cobrança é muito grande, trabalhamos num clube gigante. O que temos de fazer é passar tranquilidade para eles (jogadores). Acho que não devemos ter grandes surpresas, o escopo da equipe é aquela que enfrentou o Santa Cruz - comentou.

O Flamengo deve ir a campo com Alex Muralha, Pará, Réver, Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Arão e Diego; Alan Patrick, Everton e Damião. Gabriel e Fernandinho são algumas opções para mudar a cara do time. 

ELOGIOS AO RIVAL

Como de costume, Zé Ricardo mostrou ter conhecimento de sobra do adversário do Flamengo. Ele falou sobre alguns pontos positivos do Fluminense na entrevista concedida no Ninho.

- Temos que estar próximos para eles não usarem a qualidade dos jogadores do meio de campo, os movimentos de quebra do Scarpa e do Marcos Júnior, além das jogadas individuais em velocidade do Wellington - disse o treinador.