Ariel Cabral, meio-campista do Cruzeiro (Foto: Pedro Vilela/Light Press/Divulgação Cruzeiro)

Ariel Cabral, meio-campista do Cruzeiro (Foto: Pedro Vilela/Light Press/Divulgação Cruzeiro)

RADAR/LANCE!
15/04/2016
13:41
Belo Horizonte (MG)

No último treino antes de enfrentar o América-MG, neste sábado (16), às 16h20, no estádio Independência, pela partida de ida da semifinal do Campeonato Mineiro, houve um princípio de confusão na Toca da Raposa 2. Mayke e Ariel Cabral discutiram e foram contidos por seus companheiros.

Após a atividade, os atletas foram liberados para o rachão, como de costume. O lateral direito e o argentino entraram em discussão e o zagueiro Bruno Rodrigo foi o responsável por tranquilizar o jovem revelado nas categorias de base do clube.

A assessoria de imprensa do Cruzeiro tratou o assunto como uma brincadeira e minimizou a situação. Mesmo depois do trabalho, Mayke seguiu irritado com a situação e teve até uma conversa com membros da comissão técnica. O meio-campista, por outro lado, parecia mais tranquilo e seguiu sorrindo ao lado dos companheiros.