Sandro Meira Ricci

Sandro Meira Ricci foi o representante brasileiro na última Copa

LANCE!
23/08/2016
17:54
Belo Horizonte(MG)

A escalação do árbitro Sandro Meira Ricci, de Santa Catarina, para o próximo jogo do Cruzeiro, diante do Santa Cruz, neste domingo às 11h, no Mineirão, causou a ira da torcida cruzeirense, que através da rede social, promete hostilizar o árbitro durante a partida. 

Toda o descontamento da torcida celeste começou no dia 13 de novembro de 2010, em uma partida da reta final do Brasileirão de 2010, envolvendo Corinthians e Cruzeiro, no Pacaembu. O assunto chegou a estar entre os mais comentados do Twitter nesta tarde. 

As duas equipes, junto com o Fluminense, brigavam ponto a ponto pelo título do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o árbitro marcou um pênalti duvidoso a favor do Corinthians, do zagueiro Gil em cima do atacante Ronaldo.

Além disso, a arbitragem ignorou três pênaltis claros a favor do Cruzeiro( dois em cima de  Thiago Ribeiro e um sobre Wellington Paulista) e ainda assinalou cinco impedimentos do Cruzeiro. 

A torcida celeste enxerga que os pontos perdidos naquele confronto impediram o time de levantar o troféu do Brasileirão. O Fluminense foi campeão com 71 pontos. O Cruzeiro, vice, com 69. 

Os cruzeirenses também questionam  o fato de Sandro Meira Ricci, que já foi da Federação Pernambucana, apitar um jogo que envolve o Santa Cruz, que é um clube de Pernambuco. 

Torcida também na bronca com Gilvan 

Além da bronca com a escalação de Sandro Meira Ricci, a torcida cruzeirense também está chateada com o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, pois não teria se manifestado contra a possibilidade do árbitro poder apitar jogos do time novamente.

Após o acontecido em 2010, o Cruzeiro pediu a exclusão do árbitro do sorteio que envolve os jogos do time. O pedido foi aceito pela Comissão Nacional de Arbitragem e desde então Sandro não apitou mais jogos que envolvessem o time mineiro.