Paulo Bento, em entrevista após o jogo do Cruzeiro

Paulo Bento deixa o Cruzeiro na penúltima colocação no Brasileirão (Foto: Washington Alves/Light Press

RADAR / LANCE!
25/07/2016
12:10
Belo Horizonte (MG)

O ciclo de Paulo Bento no Cruzeiro não durou muito. Após reunião ocorrida na manhã desta segunda-feira, o presidente celeste, Gilvan de Pinho Tavares,  optou pela demissão do treinador português, no dia seguinte à derrota por 2 a 1 para o Sport e a ida da equipe para a penúltima colocação no Brasileirão.

Com o treinador português, deixam também a Raposa os quatro profissionais que formam sua comissão técnica. O nome mais especulado para sucedê-lo é o de Mano Menezes, que já teve passagem pelo Cruzeiro e recentemente foi demitido de um clube chinês.

Contratado para substituir Deivid, Paulo Bento chegou à Toca da Raposa 2 com a responsabilidade de engrenar a equipe no Brasileirão. Porém, sua forma de trabalhar não correspondeu a bons resultados. A demissão foi confirmada após uma reunião entre Gilvan e o vice de futebol, Bruno Vicintin.

Em 17 partidas, a equipe obteve seis vitórias, três empates e oito derrotas. A única boa lembrança foi a classificação da equipe para as oitavas de final da Copa do Brasil, eliminando o Vitória.