acidente chapecoense, avião

Tragédia vitimou 76 pessoas em Medellín (foto:Raul ARBOLEDA / AFP)

RADAR / LANCE!
29/11/2016
11:17
Belo Horizonte (MG)

A tragédia que vitimou a delegação da Chapecoense em Medellín continua a ter forte repercussão no futebol brasileiro. Nesta terça-feira, os três principais times de Minas Gerais, Cruzeiro e Atlético-MG e América-MG anunciaram o cancelamento das atividades desta manhã. 

 O treino da Raposa estava planejado para a tarde desta terça-feira. O clube volta às atividades nesta quarta-feira, às 10h. Em nota, o clube também havia se pronunciado pelo acidente, que vitimou 76 pessoas. 

No Galo, a atitude de cancelar as atividades partiu dos próprios jogadores. Ao contrário do planejado pelo arquirrival, o treino do Atlético estava planejado para esta manhã, no CT de Vespasiano.

Nesta quarta-feira, às 21h45, o time faria o segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil, contra o Grêmio, mas a partida foi remarcada para o dia 07 de dezembro.

As entrevistas coletivas também foram canceladas. Apenas o diretor de comunicação, Domênico Bhering, se pronunciou. Em nome do clube, ele disse que uma oração foi feita. 

 -Recebemos a notícia com muita tristeza. Desde as primeiras horas da manhã, os membros da diretoria se falaram e ficamos bastantes chocados com o acontecido. Usando o bom senso, a CBF adiou o jogo contra o Grêmio. Não sabemos, por enquanto, para quando. Faríamos um treino pela manhã e decidimos que seria interno, mas os jogadores pediram, antes de uma oração, que nós não realizássemos esse treino. Atendemos prontamente”.

No  próximo domingo, o Atlético-MG encararia justamente a Chapecoense, na Arena Condá, mas a partida foi adiada para o próximo dia 11. A programação do clube será retomada nesta quarta-feira à tarde. 

O América-MG também seguiu os passos dos rivais e cancelou o treino. Em um primeiro momento, a reapresentação está planejada para esta quarta-feira. O Coelho também divulgou uma nota homenageando as vítimas do acidente. 

 " O América Futebol Clube manifesta a sua consternação e se junta aos brasileiros, em especial à população de Santa Catarina e aos torcedores da Chapecoense, lamentando o acidente aéreo ocorrido nesta madrugada de terça-feira (29/11), quando a delegação daquele clube seguia para a Colômbia para disputar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana.
Neste momento, a Diretoria, a nação americana, manifesta solidariedade a toda família chapecoense e deixa aqui o seu apoio, se unindo em orações aos torcedores, dirigentes, familiares e amigos dos envolvidos nesta tragédia.
Que Deus abençoe e conforte os corações de todos!
América Futebol Clube"