Coritiba x Toledo

Clima esquentou entre Coxa e Toledo (Foto: Coritiba/Divulgação)

RADAR/LANCE!
23/01/2016
15:42
Curitiba (PR)

O Coritiba disputou um jogo-treino com um clima nada amistoso contra o Toledo. A partida nesta sexta-feira teve briga entre jogadores, expulsões, discussão entre técnicos e até a força policial tendo que entrar em campo para apaziguar a confusão. Para piorar, o Coxa ainda perdeu por 1 a 0. O meia Juan, que se desentendeu com o zagueiro Anelka e trocou socos e empurrões com o rival, ficou na bronca com o trio de arbitragem.

- Foi um lance de jogo. O time do Toledo estava abusando da violência, da agressividade. Nós viemos para jogar, não pra apanhar. O juiz não soube controlar o jogo - disse o jogador em entrevista à Rádio Iguaçu.

Os jogadores do Coritiba ficaram reclamando de agressividade do Toledo. Kleber Gladiador foi um deles. Segundo o atacante, teria sido melhor o grupo ter feito um coletivo.

- Não sei se foi tão importante assim. Se a gente tivesse feito um coletivo talvez tivesse sido mais produtivo – disse Kleber.

Toda confusão aconteceu no fim do primeiro tempo. A partida já contava com estradas duras de ambas as equipes, quando Juan se desentendeu com Anelka. Os jogadores trocaram socos e empurrões e a confusão se espalhou pelo gramado. Tanto que no episódio o técnico do Coxa, Gilson Kleina, discutiu com o comandante do Toledo, Rodrigo Cascca. A polícia teve que entrar em campo para resolver a situação.