Corinthians x Osasco Audax

Corintianos lamentam e jogadores do Audax comemoram (Foto: ALE CABRAL/Lancepress!)

LANCE!
23/04/2016
21:53
São Paulo (SP)

A derrota nos pênaltis para o Osasco Audax decretou a quarta eliminação do Corinthians em sua ainda nova casa, em Itaquera. No ano passado, a equipe foi superada três vezes em mata-matas, para o Guarani-PAR (Libertadores), Palmeiras (Paulistão) e Santos (Copa do Brasil). 

A primeira eliminação foi para o arquirrival Palmeiras, justamente na semifinal do Paulistão, como desta vez, e também nos pênaltis. Mais uma coincidência: o placar do tempo normal também foi 2 a 2. O destaque na ocasião foi Fernando Prass, que pegou pênaltis cobrados por Elias e Petros. 

Quase um mês depois, a torcida que lotou a Arena teve uma nova frustração, agora na Copa Libertadores. E se antes a queda havia sido para um tradicional oponente, na competição sul-americana o algoz foi o pouco conhecido Guaraní, do Paraguai.  Depois de ser derrotado por 2 a 0 no jogo de ida das oitavas de final, a equipe voltou a perder, por 1 a 0, na Arena, e deu adeus precoce às esperanças de ser bicampeã. 

No dia 26 de agosto, o Corinthians sentiria novamente o sabor de ser eliminado por um rival regional. Na Copa do Brasil, o Santos derrotou o Timão por 2 a 1 na Arena, fazendo uma dobradinha, já que havia feito 2 a 0 na Vila Belmiro.