Romero começou bem na temporada, mas perdeu vaga no time (Foto: Daniel Augusto Jr)

Romero começou bem na temporada, mas perdeu vaga no time (Foto: Daniel Augusto Jr)

Angelo Martins
08/03/2016
17:13
Guarulhos (SP)

O Corinthians conta com um centro de inteligência e também com a observação do técnico Tite e seus auxiliares para se preparar para enfrentar os seus adversários, mas também recorre a métodos antigos. Para a partida contra o Cerro Porteño, nesta quarta-feira, em Assunção, pela Libertadores, o Timão contará com informações também de um "espião" paraguaio: o atacante Ángel Romero.

O jogador estava até 2014 na equipe paraguaia e ainda mantém amigos lá. Por isso, foi consultado por diversos corintianos antes do duelo, no Estádio Defensores del Chaco.

- Todo mundo pergunta, os jogadores também. Sobre o clima, o gramado do estádio... Mas eles também conhecem, porque ano passado eles jogaram contra o Guaraní e sabem que vai ser difícil - declarou, no embarque para Assunção, na manhã desta terça-feira.

Romero começará a partida na reserva, mas demonstrou empolgação em voltar à sua terra natal e também por enfrentar o clube no qual foi revelado.

- É especial pra mim, voltar para o meu país e jogar contra o meu ex-time. Um momento muito especial. A gente se preparou bem para esse jogo porque vai ser muito difícil - disse.

- Conheço todo mundo, os jogadores que estão atualmente lá. O time, o estádio também. Eu sei que o time não está passando por um momento bom, mas eles vão querer dar tudo pra fazer um grande jogo. Tenho a oportunidade de entrar no segundo tempo e fazer o melhor e mostrar para o Tite que estou preparado para jogar - completou.