Fábio Carille Corinthians

Carille tem contrato com o Timão até o fim de 2019, com opção de renovação por mais um ano (Daniel Augusto Jr)

Guilherme Amaro
17/05/2018
16:46
São Paulo (SP)

Caso confirme o acerto com o técnico Fábio Carille, o Al-Hilal, da Arábia Saudita, terá que desembolsar apenas R$ 300 mil ao Corinthians. Esse é o valor da multa rescisória do contrato do treinador com o Timão, que tem validade até o fim de 2019.

Carille renovou seu contrato com o Corinthians em setembro do ano passado. Na ocasião, diretoria e treinador acertaram que a multa para qualquer parte seria o valor de um salário. Ou seja, se quisesse demitir Carille, o Timão teria de pagar os R$ 300 mil ao técnico.

Só não há multa caso Carille complete duas temporadas como técnico do Corinthians. Seu contrato vai até 2019, mas tem a opção de renovação automática por mais um ano, até o fim de 2020.

O treinador já avisou à diretoria do Corinthians nesta quinta-feira que recebeu uma proposta do Al-Hilal. A direção alvinegra trabalha com a chance muito grande de perder Carille já nos próximos dias.

O presidente Andrés Sanchez está na Venezuela com o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves e com o gerente de futebol Alessandro Nunes. A tendência é que o assunto seja definido no início da semana que vem, quando a delegação corintiana voltar ao Brasil.

Após o jogo desta quinta-feira, contra o Deportivo Lara, na Venezuela, a delegação segue direto para Recife, onde o Corinthians enfrenta o Sport, no domingo. Eles chegam a São Paulo apenas na segunda-feira.