Corinthians x Cobresal

Aos 38 do primeiro tempo, Marlone dominou no peito e fez um golaço de voleio (foto: Marcos Bezerra/Futura Press)

LANCE!
21/04/2016
01:01
São Paulo (SP)

Marlone soube agarrar a nova oportunidade dada por Tite na equipe titular do Corinthians. Após sofrer com lesões e ficar, por vezes, fora do banco, o meia finalmente voltou à formação inicial na noite desta quarta-feira e provou que o treinador fez boa escolha: teve grande atuação e marcou duas vezes na goleada por 6 a 0 sobre o Cobresal. E o segundo foi um verdadeiro golaço, eleito pelo próprio jogador como o mais bonito de sua carreira.

— Essa noite que vivi hoje foi conjunto. Fisioterapia do Corinthians me ajudou muito durante a lesão e no momento da recuperação. Essa noite foi um conjunto que me fez vivenciá-la hoje. Estou grato por tudo que aconteceu, felicidade com o professor, que o grupo todo vê como um cara que ensina e incentiva. O gol de hoje com certeza foi o mais bonito da minha carreira, por tudo que vivi, por ter voltado em jogo de Libertadores — disse.

Herdeiro da camisa 8 de Renato Augusto, o jogador sofreu uma lesão no tornozelo no dia 21 de fevereiro, contra a Ferroviária, e foi desfalque em dez partidas desde então. Só voltou a ser entrar em campo no início de abril, contra o Novorizontino. No total, ele já saiu do banco quatro vezes, mas este foi apenas seu segundo jogo como titular.

— Eu planejei um coisa quando eu cheguei no Corinthians. Infelizmente não foi como eu que quis, mas a gente está sujeito a isso, à lesão. O importante é que eu voltei mais forte, aprendi muito com essa lesão. Fico até um pouco emocionado. Foram dias difíceis. Ter ajudado a equipe com dois gols é muito gratificante — explicou Marlone, que disse estar "vivendo um sonho".

— Parece que eu estou sonhando, fiquei tanto tempo vendo jogo de casa, só o Corinthians ganhar, vendo outros gols e hoje poder estar estreando como titular, fazendo gol, um golaço, parece até que é um sonho — acrescentou.

O meio-campista não poupou elogios ao comandante gaúcho pela nova oportunidade e prometeu que irá brigar por uma vaga na formação titular. 

— Tite é um verdadeiro professor. É um cara que ensina e trabalha todo mundo igual. Ele não deixou de me dar atenção em nenhum momento. Sempre queremos um lugar. Estou brigando pela vaga. É uma competição sadia — completou o camisa 8.