Corinthians x Corinthian -Casuals - Gil (Foto: Reginaldo Castro/ LANCE!Press)

Gil renovou contrato com o Timão (Foto: Reginaldo Castro/ LANCE!Press)

LANCE!
06/11/2015
10:00
São Paulo (SP)

O zagueiro Gil, do Corinthians, nunca escondeu que sua passagem pelo Valenciennes, da França, foi traumática. No entanto, a má experiência na Europa não faz o jogador descartar uma nova transferência para o Velho Continente no futuro. Um dos destaques do Timão desde 2013, ele comentou sobre a possibilidade de transferência em 2016.

Nos últimos meses, clubes europeus foram atrás dele e de seu parceiro de zaga no Timão, Felipe, que despertou interesse de italianos como a Udinese e a Lazio. Já Gil teve encaminhada sua venda para o Wolfsburg (ALE), no início desta temporada, mas a proposta nunca se concretizou.

- A gente fica feliz com essas especulações, até porque a gente sabe da qualidade do Felipe, está desde 2012, tem feito um grande campeonato. Para mim, é indiferente, pois ainda não chegou proposta e eu acabei de renovar. Não sei o dia de amanhã, fico feliz com interesse de alguns clubes, mas deixo isso para meus empresários - afirmou o camisa 4 alvinegro, sem fechar as portas para uma nova passagem pela Europa.


 - Fico feliz com o interesse dos clubes, quem sabe um dia possa ter oportunidade de voltar para a Europa - ressaltou o defensor, que há alguns meses renovou seu contrato, que iria até o fim de 2018, para o fim de 2019.

Vendido pelo Cruzeiro ao Valenciennes em 2011, Gil não se adaptou na França e teve problemas de relacionamento com o ex-clube, que dificultou sua volta ao Brasil - o que ocorreu apenas em 2013, quando acertou com o Corinthians.

Neste Brasileirão, o Corinthians perdeu peças importantes, como Fábio Santos e Petros, que foram negociados com Cruz Azul (MEX) e Betis (ESP), respectivamente, além dos atacantes Emerson Sheik e Paolo Guerrero, que foram para o Flamengo. Por conta do assédio de diversos clubes, Gil não acredita que o elenco será totalmente mantido para a próxima temporada.

- Difícil (manter todo o elenco), temos vários jogadores se destacando, mas acreditamos na diretoria. O que for melhor, eles vão fazer. Temos de ficar focados. Ainda faltam cinco rodadas para o campeonato acabar, falta sermos campeões. Em 2016, vamos pensar nisso. Ainda vão ter as férias, o Tite vai ligar para todo mundo que eu sei (risos) - brincou o jogador.