Time posado - Corinthians x Figueirense (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!PRess)

Formação do Corinthians na ocasião do primeiro jogo no novo estádio(Foto: Eduardo Viana/ LANCE!PRess)

LANCE!
18/05/2016
15:09
São Paulo (SP)

A tão sonhada casa corintiana completa dois anos de história nesta quarta-feira. A data de 18 de maio corresponde ao primeiro jogo oficial da Arena Corinthians, que foi disputado entre o Timão e o Figueirense pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, e terminou com surpreendente vitória dos catarinenses por 1 a 0, com gol de Giovanni Augusto (relembre o jogo no vídeo abaixo). Curiosamente, o meio-campista atualmente defende o próprio Timão, e viu de perto alguns dos grandes traumas que o Corinthians carrega em seu estádio.

Neste ano, a Fiel já lamentou duas eliminações na Arena Corinthians: Campeonato Paulista, nas semifinais, contra o Osasco Audax, e Copa Libertadores, nas oitavas de final, diante do Nacional (URU). Somam-se às quedas de 2016 outras três do ano passado: Paulistão, nas semifinais, contra o Palmeiras, Libertadores, nas oitavas de final, contra o Guaraní (PAR), e Copa do Brasil, nas oitavas de final, diante do Santos. A quantidade de eliminações chama atenção. Mas, obviamente, não resume a história alvinegra em Itaquera.

O Corinthians disputou até o momento 68 jogos dentro de sua Arena. Ao todo, foram 50 vitórias, 14 empates e apenas quatro derrotas (Figueirense, Palmeiras, Guaraní e Santos), um aproveitamento superior a 80% dos pontos, marca rara entre os clubes de todo o mundo. Além disso, foram 141 gols marcados e 41 sofridos, com saldo positivo de cem gols, outra estatística imponente.

Além do elemento esportivo, a Arena da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos deste ano é um sucesso de público e renda. A média atual é de cerca de 33 mil torcedores por jogo, com arrecadação de R$ 138 milhões, sendo R$ 79 milhões líquidos. O valor é utilizado para pagar as contas da Arena, outro fantasma presente e inquietante.

Nas próximas semanas, o clube espera anunciar a venda dos naming rights da Arena Corinthians, negociação que persiste há mais tempo do que os dois anos de utilização do estádio. O recurso obtido com a negociação da propriedade do nome ajudará no pagamento dos mais de R$ 1 bilhão investidos na construção do estádio no bairro de Itaquera.