Marcio Porto
21/11/2017
16:59
São Paulo (SP)

O Corinthians perdeu a disputa pelo centroavante Roger para o internacional, mas avançou em outra situação para contratar um atacante para 2018. A diretoria retomou a negociação por Júnior Dutra, principal destaque do Avaí. O jogador foi avalizado pela comissão técnica e pode ser o primeiro reforço do heptacampeão brasileiro para o ano que vem. As conversas foram interrompidas depois que a contratação chegou a ser dada como certa, mas foram retomadas com a proximidade do fim do Campeonato Brasileiro. Ele deve assinar um contrato válido por duas temporadas.

- Realmente voltamos a falar. Deixamos de tratar do assunto porque o Avaí estava em situação complicada, decidindo sua vida, mas agora está tudo mais próximo. Conversamos com os pais deles. Ainda não tem nada fechado, e só oficializaremos algo depois do Brasileiro - admitiu no diretor de futebol Flávio Adauto, em entrevista ao LANCE!. 

Júnior Dutra, de 29 anos, tem vínculo com o Avaí apenas até o fim do ano e já pode assinar pré-contrato com outro clube. Por isso, o Corinthians aproveitou o duelo contra o clube catarinense no último dia 11 na Arena para conversar com os pais do jogador. As partes se encontraram no estádio antes do jogo, vencido pelo Timão por 1 a 0, gol de Kazim, resultado que aproximou o heptacampeonato. O contato foi considerado positivo e uma nova conversa nos próximos dias pode selar o acordo.

Principal destaque do Avaí apesar da má campanha, Júnior Dutra marcou nove gols pelo clube catarinense. É a principal esperança para salvar do rebaixamento. O clube catarinense ocupa a 19ª colocação com 39 pontos, um a menos do que o Vitória, 16º e primeiro fora do Z4. Faltam duas rodadas e o Leão enfrenta Atlético-PR em casa e Santos, fora.

Em busca de reforços para 2018, o Corinthians mira a contratação de pelo menos dois atacantes. Havia o interesse no centroavante Roger, do Botafogo, mas o Internacional acabou se acertando com o jogador. Um outro alvo para ser centroavante não está descartado. Jô, artilheiro do Brasileiro com 18 gols, e Kazim são as opções no momento. 

Sobre Dutra, no mês passado o empresário Carlos Corsini chegou a cravar o acerto. Ele dizia ter uma procuração do jogador que o autorizava a negociá-lo com o Timão. Na época, Corsini disse que até um pré-contrato foi produzido. No entanto, a diretoria do Corinthians, diante da repercussão, negou o acerto e recuou nas tratativas, algo que aborreceu a família do jogador.