LANCE!
20/11/2017
18:19
São Paulo (SP)

O goleiro Cássio iniciou a temporada 2017 na reserva de Walter, mas terminará no auge. Figura central nos títulos do Campeonato Paulista e do Campeonato Brasileiro, confirmado na semana passada, o camisa 12 foi escolhido pelo técnico Fábio Carille para ser o capitão no jogo da festa pelo hepta nacional, no duelo contra o Atlético-MG no próximo domingo na Arena Corinthians. Assim, ele deve ficar com a honra de levantar a taça. Ele já havia sido o escolhido no Estadual. 

- Teve conversa no Paulista, como mudei bastante (o capitão)... Depois do primeiro jogo, com a possibilidade enorme de título, mostrei quem levantou as taças e o porquê. Agora não tenho que falar isso, eles (jogadores)  já têm na cabeça - justificou Carille, ao fazer o anúncio em entrevista ao site "Globoesporte.com" nesta segunda-feira. 

- É o jogador com mais tempo no clube, maior número de participações desse elenco - completou Carille, referindo-se ao time titular.

Isso porque, no elenco todo, o meia Danilo é o mais antigo. Ele chegou ao clube em 2010 e, assim como Cássio, conquistou seu sétimo título pelo Timão, sendo o único do grupo a ser tri do Brasileiro, segundo da história com o ex-atacante Dinei. Por isso, existia a possibilidade de ser Danilo o escolhido, como frisou o atacante Jô após a derrota de 3 a 0 para o Flamengo neste domingo no Rio de Janeiro. Mas Danilo deve começar o duelo de domingo na reserva, o que não o impede de ter participação destacada na entrega do troféu. 

Cássio chegou ao Corinthians em 2012 e conquistou sete títulos, tornando-se um dos principais líderes do elenco. Além do Brasileiro de 2017, venceu o Brasileiro de 2015, a Recopa Sul-Americana em 2013, a Libertadores e o Mundial em 2012, e dois Paulistas, em 2013 e 2017. Ele fica na cola de Marcelinho Carioca, ex-meia que até hoje possui o maior número de conquistas pelo Timão: dez. Vale lembrar que o goleiro está prestes a renovar seu contrato até dezembro de 2022.