Gabriel Carneiro
13/05/2016
07:45
São Paulo (SP)

O Corinthians do Brasileirão ainda é uma incógnita. Até agora intercalou bons e maus jogos e somou 16 vitórias em 25 jogos oficiais – foram apenas três resultados negativos sob o comando de Tite. O problema é que a pressão dos jogos de mata-mata tornou o primeiro semestre um fracasso, com as eliminações nas semifinais do Campeonato Paulista e das oitavas de final da Libertadores.

Fracasso? Internamente, o pensamento não é esse. E a explicação é simples! Do fim de 2015, ano do hexacampeonato brasileiro, até o início de 2016, a equipe perdeu seis titulares campeões (Gil, Ralf, Renato Augusto, Jadson, Malcom e Vágner Love) e contratou 11 reforços.

O desentrosamento e a busca pelo time ideal foram os maiores obstáculos deste remodelado Corinthians de 2016. Tite, o técnico, é o mesmo. O 4-1-4-1, esquema que deu o título do ano passado, também continua. O que mudaram foram as peças. E essas mudanças podem até continuar...

Felipe é alvo do Porto (POR) e tem negociações avançadas. Elias já espera nova proposta do futebol chinês, que recusou no começo do ano, e é outro que pode sair. Além deles, o Timão tem Fagner e Cássio em alta. Haverá nova debandada?

Se perder jogadores, nem que seja apenas uma peça, o Corinthians será um. Se não perder ninguém e contratar reforços pontuais (Bruno Paulo e Camacho, próximos de acerto, são bons nomes), será outro. Hoje, a confiança é no trabalho desempenhado por Tite, o grande treinador brasileiro da atualidade.

Campinho - Corinthians
Time-base do Corinthians para a largada no Brasileirão

De fato, Tite é digno de confiança. Além de ser o atual campeão brasileiro, não perdeu os confrontos eliminatórios por maus jogos, e sim nos pênaltis e nos gols qualificados do Nacional (URU). Na fria descrição dos números, são 47 gols marcados e apenas 16 sofridos em 25 compromissos oficiais. Mau?

O novo Corinthians será testado. Giovanni Augusto, Marlone, Guilherme, Marquinhos... A dúvida é se conseguirão dar conta. A luta não é fácil: defender um título.

HOME - Santa Fe x Corinthians - Copa Libertadores - Fagner e Elias (Foto: Guillermo Munoz/AFP)
Elias é um dos destaques do time (Foto: Guillermo Munoz/AFP)

OLHO NELE: Elias

Nome: Elias Mendes Trindade
Posição: Volante
Naturalidade: São Paulo-SP
Nascimento: 16/5/1985
Jogos: 243
Gols: 40

Ídolo da Fiel torcida e multicampeão pelo Corinthians, Elias é um dos remanescentes da campanha do hexa e exerce liderança perante o elenco. Importante na marcação, mas também na criação de jogadas, volante desfalcará o Timão no primeiro turno durante a Copa América. Possível assédio do mercado chinês, que já havia procurado o camisa 7 no começo do ano, também preocupa direção alvinegra.

Corinthians x Osasco Audax
Corinthians 2x2 Osasco Audax: eliminado no Paulistão
(Foto: ALE CABRAL/Lancepress!)

TIMÃO EM 2016

Pré-temporada
Timão se preparou nos EUA e fez três jogos: derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, vitória por 3 a 2 diante do Shakhtar (UCR) e 0 a 0 com o Strikers (EUA).
......................
Paulistão
Líder geral da primeira fase, eliminou o Red Bull nas quartas de final e caiu diante do Osasco Audax nas semis. Foram 17 jogos: 12 vitórias, três empates e só duas derrotas no torneio.
......................
Libertadores
Terceira melhor equipe da primeira fase, foi eliminado pelo Nacional (URU) nas oitavas: quatro vitórias, três empates e só uma derrota.

Neste ano...
Vitórias: 17
Empates: 7
Derrotas: 4
Gols pró: 50
Gols contra: 19

COM A PALAVRA, RONALDO
Ídolo do Corinthians, campeão brasileiro em 1990

"É só ter uma base do que foi o Paulista e a Libertadores, ver como saiu das competições... O Corinthians tem um treinador atuante, um gestor de pessoas. O Corinthians tem chance de vencer, não é um azarão. Acredito em título pela forma que o Tite está trabalhando, pelo empenho do grupo e até por ter tempo de treinar agora. A princípio o maior reforço é não perder atletas, porque o mercado no meio do ano será agitado novamente. Se o Corinthians conseguir manter todo mundo e ainda trouxer um atacante, um camisa 9, será favorito. O gigante Cássio é o grande destaque desse time, um cara que tem feito grandes atuações, tem nível de Seleção, e é experiente. Além de líder, é o grande craque dessa equipe."