Guilherme Amaro e Bruno Cassucci
07/04/2016
00:33
São Paulo (SP)

Na segunda partida em que atuou após recuperar-se de lesão, o volante Elias mostrou sua importância para o Corinthians. Depois de um primeiro tempo apagado, o jogador liderou a equipe na segunda etapa e fez o gol de empate com o Santa Fe, na Colômbia. Assim, saiu de campo como o principal jogador do Timão. Confira as notas: 

SANTA FE 

6,0
Zapata
Não teve culpa
no gol e também não foi muito exigido. Correto.

5,5
Otalvaro

Sofreu um pouco para marcar na etapa final. Errou cruzamentos.

6,0
Mina

Com tranquilidade, foi correto na cobertura e nos cortes.

5,5
Tesílio

Ficou perdido com a movimentação corintiana no lance do gol.

6,5
Valencia

Participou da jogada do gol e não comprometeu na defesa.

5,5
Anchico

Deu espaços no meio de campo e foi substituído na etapa final.

7,0
Gordillo

Acertou a trave no lance do gol. Desarmou no meio de campo.

5,5
Perlaza .

Não acompanhou Elias no gol, mas conseguiu desarmes no meio.

5,5
Seijas

Tentou as jogadas individuais, mas atrapalhou-se na maioria das vezes.

6,0
Gómez

Buscou o jogo, mas não conseguiu decidir. Recebeu faltas.

7,0
Otero

Movimentou-se e foi oportunista para marcar. Perdeu bolas.

6,0
Omar Pérez

ídolo do Santa Fe, entrou e pouco acrescentou. Discreto.

5,5
Rojas

Praticamente não pegou na bola, apesar de 25 minutos em campo.

6,0
Salazar

Tentou organizar as jogadas, mas sem muito sucesso.

6,0
Alexis Garcia

Santa Fe não foi brilhante e pouco levou perigo.

Santa Fe x Corinthians
Jogo foi brigado na Colômbia (Foto: LUIS ACOSTA/AFP)

CORINTHIANS

6,0
Cássio

Sem culpa no lance do gol. Errou algumas reposições, mas foi eficiente no geral e deu conta do recado quando exigido.

6,5
Fagner

Muito apagado no primeiro tempo, cresceu no segundo. Participou do gol e deu ótimo cruzamento para Romero.

6,0
Felipe

Desarma no lance do gol, mas dá azar. Atuação regular, com roubadas de bola e eficácia na linha de impedimento.

6,0
Yago

Participou de alguns lances estranhos, mas também não comprometeu. Eficiente, assim como seu companheiro.

5,5
Uendel

Ficou preso na defesa no primeiro tempo e evoluiu mais na etapa final. Fechou espaços na marcação e pouco criou.

5,5
Bruno Henrique

Pode produzir mais. Bem posicionado para defender, limitou-se a tocar curto na saída da defesa para o ataque.

6,5
Giovanni Augusto

Lutou bastante e foi o melhor do Timão no primeiro tempo. Ajudou muito atrás. Ainda pode render mais no ataque.

7,0
Elias

Era um dos piores no primeiro tempo, tendo inclusive vacilado no gol colombiano. Cresceu e decretou o empate.

6,5
Guilherme

Errou muitos passes e novamente participou pouco do jogo. Quando surgiu, porém, foi bem, como na assistência.

6,5
Lucca

Tomou muitas decisões erradas e foi fominha. Cresceu na etapa final, chutou bola na trave e criou lances de perigo.

5,0
André

Não lhe falta dedicação, mas sim companheiros para tabelar. Fez o pivô, voltou para buscar jogo, mas quase nada fez.

6,5
Romero

Entrou ligado e poderia ter desempatado o jogo com cabeceio. Ainda criou bom lance, desperdiçado por André.

6,0
Maycon

Ocupou espaços e deu mais solidez defensiva do que Guilherme. Poderia ter tido mais calma na saída de bola.

5,5
Edílson

Entrou fora de posição, como volante, e quase nada fez, além de uma falta ingênua e perigosa.

6,0
Tite

Equipe entrou sonolenta e pouco criativa. Melhorou o time no intervalo, mas tirou Lucca quando ele estava bem.