LANCE!
12/07/2018
11:28
Moscou (RUS)

Paul Pogba e Antonie Griezmann são as duas principais estrelas da França, finalista da Copa do Mundo de 2018. Aos 25 anos, mais novo do que o colega, de 27, Pogba trata o atacante com reverência. O meio-campista não economizou nos adjetivos nesta quinta-feira para exaltar o camisa 7. "Grizou rima com Zizou", brincou o jogador ao dizer que Griezmann segue os passos de Zidade, maior atleta da história francesa, considerado por Pobga como ícone.

- Zidane é um lenda, e Griezmann está no caminho de ser também. É uma pessoa muito querida na França, os franceses o amam, é engraçado, sorridente, louco. E no campo de futebol mostra que é um grande. Desejo de coração que ele marque um gol, dois, três no domingo para que todos nós possamos ficar felizes - disse Pogba.

- Ele vem progredindo há três anos, nós o vemos no campo e nas estatísticas. O trabalho que ele faz nesta Copa do Mundo é extraordinário, pouquíssimos atacantes podem fazer isso, é um sacrifício, tem ajudado atrás. Ele também é decisivo, marca gols, defende, corre - completou o jogador.

Griezmann jogou as seis partidas da França na Copa, com 480 minutos em campo. Finalizou 19 vezes e marcou três gols, além de ter dado duas assistências. A participação defensiva do atacante também foi motivo de elogios do técnico Didier Deschamps após a vitória contra a Bélgica. O treinador considerou como fundamental a maneira como ele e Giroud diminuíram os espaços na saída de bola da equipe da Bélgica.

O camisa 7 participou das campanhas da Copa de 2014, quando a França caiu para a campeã Alemanha nas quartas de final, e na Eurocopa de 2016, quando a equipe foi derrotado na final, em casa, para Portugal.

Zinedine Zidane, hoje treinador, sem clube após a saída do Real Madrid (ESP), tinha 26 anos, um a menos do que Griezmann, quando a França conquistou seu primeiro e único título mundial, há 20 anos, como anfitriã do Mundial.

Griezmann cativa os fãs pelo seu jeito irreverente, comemorações de gols e postagens nas redes sociais.