icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/08/2015
15:37

O Grêmio não repetiu as recentes boas atuações do Campeonato Brasilero e empatou em 0 a 0 com a Ponte Preta na manhã deste domingo. O Tricolor foi pressionado no Moisés Lucarelli e, graças a Marcelo Grohe e os erros nas finalizações da Macaca, voltará a Porto Alegre com mais um ponto somado.

Após a partida, o técnico Roger Machado admitiu que sua equipe ficou devendo em campo e comemorou o ponto conquistado no Moisés Lucarelli.

- A atuação foi ruim. Não conseguimos organizar nossas ações com um adversário que foi nos pressionou e teve as melhores oportunidades. Para mudarmos as características, colocamos um jogador de área. Hoje foi pouco. A atuação foi ruim, mas o resultado foi excelente - comentou o treinador.

O treinador evitou culpar o calor pelo desempenho ruim de seu time. A partida, disputada em Campinas, começou às 11h.

- Não dá para mensurar, fizemos um jogo abaixo contextualizado com as condições. Teve calor para a Ponte também, mas eles descansaram no meio de semana. O calor foi um dos elementos, mas não o mais importante - avaliou Roger, qua também comentou a situação ruim do gramado do Moisés Lucarelli.

- O gramado fica muito seco pelo calor, nem adiantava molhar. O que deu para perceber é que a bola estava um pouco viva. Um gramado em perfeitas condições é essencial para o nosso estilo de jogo. 

O Grêmio não repetiu as recentes boas atuações do Campeonato Brasilero e empatou em 0 a 0 com a Ponte Preta na manhã deste domingo. O Tricolor foi pressionado no Moisés Lucarelli e, graças a Marcelo Grohe e os erros nas finalizações da Macaca, voltará a Porto Alegre com mais um ponto somado.

Após a partida, o técnico Roger Machado admitiu que sua equipe ficou devendo em campo e comemorou o ponto conquistado no Moisés Lucarelli.

- A atuação foi ruim. Não conseguimos organizar nossas ações com um adversário que foi nos pressionou e teve as melhores oportunidades. Para mudarmos as características, colocamos um jogador de área. Hoje foi pouco. A atuação foi ruim, mas o resultado foi excelente - comentou o treinador.

O treinador evitou culpar o calor pelo desempenho ruim de seu time. A partida, disputada em Campinas, começou às 11h.

- Não dá para mensurar, fizemos um jogo abaixo contextualizado com as condições. Teve calor para a Ponte também, mas eles descansaram no meio de semana. O calor foi um dos elementos, mas não o mais importante - avaliou Roger, qua também comentou a situação ruim do gramado do Moisés Lucarelli.

- O gramado fica muito seco pelo calor, nem adiantava molhar. O que deu para perceber é que a bola estava um pouco viva. Um gramado em perfeitas condições é essencial para o nosso estilo de jogo.