LANCE!
18/10/2016
19:19
Rio de Janeiro (RJ)

O Figueirense protocolou nesta terça-feira no STJD um pedido de impugnação da partida contra o Palmeiras, pelo Brasileirão, alegando que um erro de arbitragem originou o segundo gol do time paulista, que venceu por 2 a 1.

O clube catarinense formulou um documento e juntou prova de vídeo para embasar o pedido. A argumentação cita que "a irregularidade se observa sob dois aspectos. Como se vê na prova de vídeo, a primeira flagrante ilegalidade é o fato do atleta em questão não estar de frente para o campo de jogo. A imagem é flagrante, sendo certo, inclusive, que o atleta faz o arremesso "em movimento". A segunda e, talvez, mais grave, é o fato de que a bola não entra em jogo. Mais uma vez desprovido de qualquer subjetividade, a bola quica fora de campo antes de alcançar o outro atleta do Palmeiras, que dá sequência ao lance até o gol".

O Figueira ainda acrescentou que "conforme facilmente demonstrado pela prova de vídeo, decorrência direta do arremesso lateral saiu o gol, da mesma jogada. A vola sequer voltou a posse do Figueirense. Entre o arremesso e o gol decorreram, com posse completa do Palmeiras, menos de 20 segundos".


Desta forma, o Figueirense tenta provar que houve erro de direito por parte da arbitragem. Pelo Código Brasileiro de Justiça Desportiva, um erro de direito é justificativa para anulação da partida. 

O clube dará uma entrevista coletiva nesta quarta-feira sobre o assunto e pediu, a exemplo do que aconteceu com o Fla x Flu, que o STJD determine que a CBF não homologue o resultado da partida até o fim do processo.