Vitor Júnior

Vitor Junior defendeu o Botafogo em 2012, trabalhando com Jair, que era auxiliar de Oswaldo (Foto: Divulgação)

LANCE!
17/07/2017
14:16
Rio de Janeiro (RJ)

O jogo desta noite, entre Botafogo e Sport, marca um duelo à parte entre dois técnicos de gerações distintas: Jair Ventura e Vanderlei Luxemburgo. E o meia Vitor Junior - que coincidentemente já defendeu os dois rivais - pode falar sobre as características de cada comandante. Enquanto Vitor trabalhou com Jair no Glorioso, em 2012, ele esteve também com Luxa na época de Santos, em 2007.

- São dois profissionais excelentes, com os quais pude aprender bastante. De diferentes gerações, o mais legal é poder aprender um pouco sobre cada estilo e cada metodologia. Com o Luxa eu trabalhei ainda menino, evoluindo bastante a parte tática, entendendo bem a importância de alguns aspectos do jogo. Com o Jair, ainda como auxiliar, eu já era mais experiente, mas mesmo assim continuava aprendendo muito. Ele sempre foi um cara muito estudioso e ligado nos detalhes do jogo. Não é à toa que tem provado seu valor com merecimento - valorizou o meia ex-Botafogo e Sport, que lembrou com carinho da sua passagem pelos dois clubes que se enfrentam na noite desta segunda.

- Apesar de terem sido duas fases distintas da minha carreira, guardo um carinho especial pelos dois clubes. São duas equipes com história, tradição, repletas de ídolos marcantes. Posso dizer que foi uma honra muito grande vestir as duas camisas - completou Vitor Júnior, em papo com o LANCE!.

Com passagens também por Cruzeiro, Internacional e Corinthians, Vitor Júnior ainda tem lenha para queimar no futebol brasileiro. Até por isso, o meia de 30 anos está mantendo a forma no país enquanto estuda algumas propostas.

- Eu quis voltar ao Brasil e cheguei a um acordo com meu antigo clube para rescindir justamente por esse motivo. Estou analisando algumas situações e, ao mesmo tempo, mantendo minha forma física. Sei que é importante estar bem em todos os sentidos. Venho acompanhando bastante o futebol brasileiro, assistindo os jogos, estudando as equipes, os jogadores. Sei que tudo isso pode e deve fazer a diferença a meu favor para me readaptar com facilidade.