Guilherme Amaro e Alexandre Guariglia
22/08/2016
22:21
São Paulo (SP)

O triunfo do Corinthians sobre o Vitória, de virada, deve-se em boa parte a um jogador que saiu do banco. Marlone entrou no segundo tempo, fez o de empate e participou do segundo. Foi dele a nota mais alta da partida. Uendel e Marquinhos Gabriel foram outros destaques. Confira: 

CORINTHIANS

6,0
Cássio

Não teve culpa no gol contra e também não teve trabalho. Praticamente só assistiu ao jogo.

6,0
Fagner

Não teve muito destaque no dia em que foi convocado para a Seleção. Ficou mais preso para marcar as subidas do Vitória.

4,5
Yago

Marcou contra, mas não comprometeu nos outros lances.

6,5
Balbuena

Deu bobeira apenas em um lance. Ganhou a maioria das jogadas atrás e cabeceou com perigo duas vezes no ataque.

7,0
Uendel

Foi muito bem no apoio ao ataque: finalizou com perigo e cruzou para Marquinhos Gabriel virar o jogo.

6,0
Bruno Henrique

Atuou à frente da linha defensiva e conseguiu conter alguns avanços adversários. Correto nas saídas de bola.

5,0
Romero

Foi mal tanto pela direita, onde começou o jogo, quanto na esquerda. Perdeu bolas e nem voltou para o segundo tempo.

6,0
Elias

Começou bem, chegando ao ataque e aparecendo dentro da área do Vitória. Caiu de produção no decorrer da partida.

6,0
Rodriguinho

Novamente como titular, mesmo com a volta de Elias, teve uma boa atuação pelo meio. Fez bom lance e acertou a trave.

7,0
Marquinhos Gabriel

Gol salvou a atuação. Antes, apesar de aparecer para buscar o jogo, errou muito ao tentar quase sempre o mais difícil.

6,0
Guilherme

Atuou como centroavante e deu mais mobilidade ao setor ofensivo. Por outro lado, perdeu algumas bolas.

8,0
Marlone

Mudou completamente o jogo: marcou um golaço, criou outros lances pela esquerda e participou do segundo gol.

6,0
Cristian

Entrou aos 40 do segundo tempo, foi correto na marcação e deu uma finalização perigosa.


Giovanni Augusto

Entrou no fim. Fica sem nota..

6,5
Cristóvão Borges

Mudou o esquema da equipe para o 4-1-4-1 e venceu após três jogos. Entrada de Marlone fez a diferença.

VITÓRIA 

6,0
Fernando Miguel

Não teve o que fazer no gol de Marlone. Indefensável.

4,5
Diogo Matheus

Corinthians teve muita liberdade para atacar por seu setor.

4,5
Victor Ramos

Inseguro.  No segundo gol apenas assistiu à movimentação na área.

4,5
Kanu

Também teve momentos de insegurança e esteve perdido nos gols.

5,5
Diego Renan

Se desdobrou para cobrir falhas atrás, mas não pôde atacar.

5,5
William Farias

Marcou bem até o intervalo, depois caiu de produção.

5,0
Marcelo

Deixou William Farias sobrecarregado enquanto esteve no jogo.

5,0
Cárdenas

Teve um início muito bom, acabou sumindo na segunda etapa.

4,5
Vander

Perdeu um gol inacreditável, sem goleiro, quando ainda estava 1 a 1.

6,5
Marinho

Infernizou a defesa alheia e chutou a bola que Yago desviou para o gol.

5,5
Kieza

Outro que teve participação quase nula após bom primeiro tempo.

5,0
Serginho

Participação muito irrelevante. Pouco foi notado no jogo.

5,5
Euller

Entrou na esquerda para que Diego Renan corrigisse o lado direito.

5,0
Tiago Real

Mais um que entrou para fazer a diferença no placar e foi discreto.

5,5
Vagner Mancini

Seu time chegou a ter o jogo nas mãos, mas não resistiu.