Vinícius Britto
08/11/2016
12:38
Rio de Janeiro (RJ)

Botafogo e Jair Ventura já negociam a renovação de contrato do técnico para o ano que vem. E a intenção do presidente alvinegro, Carlos Eduardo Pereira, é de ter o filho de Jairzinho como o comandante até o final de seu mandato, no fim de 2017, quando o clube passará por novas eleições para a presidência. De acordo com o Blog do Janca, o comandante vem sendo observado por Corinthians, Fluminense e Internacional.

Na saída de Ricardo Gomes para o São Paulo, em agosto, Jair recebeu um aumento em seu salário, mas sem a adição de cláusulas comuns aos contratos dos técnicos brasileiros, como multas rescisórias e afins. O vínculo segue como o de um empregado normal do clube. Até por isso - e pelo suposto assédio que o comandante poderia sofrer no final do ano - ambas as partes já negociam a renovação até o final do ano que vem, com um novo aumento em seu salário.

Como funcionário do clube tem muitos anos - chegou em 2008, com uma breve saída em 2013, no período Maurício Assumpção - a diretoria alvinegra tem uma excelente relação com o técnico sensação do Campeonato Brasileiro. Dentro do clube, a renovação é tratada como quase certa. Tanto que o próprio técnico já iniciou o planejamento para o ano que vem, aprovando a contratação do centroavante Roger, da Ponte Preta, por exemplo, e desenvolvendo uma barca.

Jair já comandou o Botafogo em 22 jogos, contando também sua passagem em 2015 e em um jogo em 2013, sendo ambas como auxiliar. Ele tem 13 vitórias, quatro empates e cinco derrotas, com 24 gols marcados e 14 sofridos, além de um aproveitamento de 65,1%. No Brasileirão, se encontra no quinto lugar e muito próximo de levar o Botafogo novamente para a Copa Libertadores.