Botafogo x Chapecoense - Rodrigo Pimpão e Neto

'Cabe ao elenco não se deixar levar pela ansiedade', diz Mendonça (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!)

RADAR / LANCE!
17/11/2016
17:31
Rio de Janeiro (RJ)

A falta de pontaria já começa a render dores de cabeça no Botafogo. Com a derrota por 2 a 0 para a Chapecoense em plena Arena Botafogo, a equipe chegou à sua terceira partida consecutiva sem estufar as redes.

Autor do gol do título carioca de 1989, Maurício deposita sua confiança de que Jair Ventura saberá recolocar o Botafogo no rumo dos gols:

- Jair é um treinador preparado, provavelmente já ligou o sinal de alerta para perceber onde está a falha. Mas a torcida do Botafogo não pode achar que desperdiçou o campeonato. Afinal, começou o Brasileiro como zebra! - declarou, ao LANCE!.

Ídolo do Alvinegro na década de 1970, Mendonça crê que os jogadores precisam de personalidade para garantir a vaga no G6 na reta final:

- É natural ter uma oscilação em uma competição tão longa, especialmente depois do Botafogo ter conseguido uma ascensão no Brasileiro. Agora, como o futebol é um esporte coletivo, cabe ao elenco não se deixar levar pela ansiedade que atrapalhou nas últimas rodadas. Com personalidade, o time voltará a encontrar o caminho do gol e das vitórias - declarou, ao LANCE!.

O campeão da Taça Brasil de 1968, Afonsinho também crê que o nervosismo vem atrapalhando os últimos jogos:

- A tensão de uma reta final muitas vezes joga contra uma equipe, e a busca pelo gol é mais difícil. O Jair Ventura também lidou com algumas mudanças de postura da equipe no decorrer das partidas, e o Botafogo não conseguiu superar - disse, ao L!.

Ao LANCE!, Amarildo, campeão carioca de 1961 e 1962, pede paciência para o Glorioso seguir na briga pelo G6:

- O Botafogo precisa ter mais organização dentro de campo. Em alguns momentos, a equipe vem perdendo o equilíbrio diante da falta de gols, e isto deixa os jogadores tentando chutar de qualquer jeito - afirma o "Possesso".