Cesar Ferraz
16/01/2018
23:55
Rio de Janeiro (RJ)

A estreia do Botafogo no Campeonato Carioca não agradou a torcida presente no Nilton Santos. Em jogo bem ruim, o Glorioso arrancou o empate contra a modesta Portuguesa, no Nilton Santos, por 2 a 2. Marcos Vinícius, autor do segundo gol, foi o salvador, e o melhor jogador do Alvinegro na confronto. Confira abaixo as atuações da partida:

BOTAFOGO
​4,5
Jefferson
Falhou no segundo gol da Portuguesa. Mas, como todo ídolo, assumiu o erro e ainda tem crédito com a torcida.

4,5
Arnaldo
Pouco acionado na primeira etapa na frente, sofreu na marcação. O segundo gol saiu pelo seu lado.

5,0
Joel Carli
Teve problemas no seu setor defensivo, principalmente nas bolas aéreas. Foi mais regular no combate direto com o adversário.

4,5
Igor Rabello
Um pouco abaixo do companheiro de zaga. Sofreu mais nas saídas em velocidade. Pareceu desentrosado.

5,0
Gilson
Foi mais acionado pelo seu lado, com uma boa saída de bola. Errou alguns passes na frente.

4,5
Matheus Fernandes
Na primeira etapa, perdeu mais no combate direto do que ganhou. Nos 45 minutos finais, melhorou um pouco.

4,5
João Paulo
Tentou proteger o seu setor, mas também teve alguma dificuldade para segurar o ataque da Lusa.

5,0
Leo Valencia
Apesar de ter corrido muito, não conseguiu levar vantagem sobre os seus marcadores. Alguns chutes, mas nada de muito perigoso.

5,0
Luiz Fernando
Tentou organizar o time no meio de campo, mas esbarrou na falta de entrosamento. Boa cabeçada no 2 tempo.

5,0
Rodrigo Pimpão
Muita correria, como de costume, mas sem ser efetivo como em outras
oportunidades.

5,5
Brenner
Teve boa movimentação. No primeiro tempo foi um pouco discreto. Na etapa final, cobrou um pênalti com perfeição.

5,0
Marcelo
Entrou e não comprometeu. Foi mais seguro na marcação do que Joel Carli, a quem substituiu.

5,0
Ezequiel
Foi escolhido pelo técnico Felipe Conceição para ajudar a criar mais. Correu muito e fez o que estava ao seu alcance.

7,0
Marcus Vinícius
Entrou e fez o gol de empate em um lance de oportunismo, o último do
confronto.

4,5
Lucas Campos
Foi mais discreto do que os companheiros que entraram durante a partida.


Rodrigo Lindoso
Sem tempo para mostrar algo.

4,5
Felipe Conceição
Seu time ainda está desentrosado e precisa formar uma espinhal dorsal. Vai ter trabalho.

PORTUGUESA-RJ
​Sassá, com dois gols, e o goleiro Milton Raphael, que fez ótimas defesas, foram os destaques da Portuguesa-RJ. O lado negativo foi o pênalti infantil cometido por Romarinho, no primeiro gol do Botafogo e o sistema defensivo da Lusa, que bobeou no gol de empate do Alvinegro.