Igor Rabello - Botafogo

Igor Rabello deve deixar o Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Guilherme Abrahão
25/06/2018
15:47
Rio de Janeiro (RJ)

Igor Rabello se tornou o jogador mais cobiçado da janela atual do Botafogo. Depois de recusar uma proposta do Akhmat Grozny, da Rússia, por se tratar de um clube com pouca expressão, o defensor entrou na mira de dois clubes da Ucrânia e dois da Arábia Saudita. O Lance! apurou com pessoas ligadas ao jogador, que olheiros desses países, por indicação de um intermediário brasileiro, estarão no Brasil na próxima semana para ver o defensor.

A ideia é observar ele em todos os aspectos. Como o Botafogo só volta a campo no dia 18 de julho, diante do Corinthians, os treinamentos do atleta estarão em foco. Além disso, o desempenho deles no últimos jogos do Campeonato Brasileiro, além da regular temporada 2017, já foram levados em conta.

Se aprovado por esses clubes, o intermediário do Brasil levará a oferta oficial ao Botafogo. O clube carioca, inclusive, já sabe d interesse e deu o aval para abrir negociações, desde que os valores girem em torno de R$ 25 a 30 milhões, e Igor aceite negociar.

Os clubes interessados não foram divulgados. Mas Igor aceitaria se fosse algum gigante da Ucrânia e, em especial, que estive na disputa da Liga dos Campeões. Na Rússia, a proposta do Akhmat Grozny não foi aceita pelo jogador por se tratar de um modesto clube de lá. Rabello sequer abriu conversas da proposta salarial, mesmo com o Botafogo aceitando os cerca de R$ 26 milhões.

Em boa fase, Rabello virou opção para outros zagueiros brasileiros que estão mais valorizados, mas não vivem grande momento. É o caso de Rodrigo Caio, do São Paulo. O defensor do time paulista já foi primeira opção nos clubes europeus, mas Igor Rabello tem sido observado mais de perto.

No Oriente Médio, o investimento aumentou nos últimos tempos. Anteriormente, os clubes estavam com problemas financeiros, mas o governo injetou altos valores e por isso eles retornaram com toda força ao mercado, em especial o sul-americano. A proposta de lá, será ouvida por Igor e seu agente, diferentemente do que foi feito com o clube russo.

A diretoria alvinegra já trabalha com a possibilidade de perder o jovem e monitora o mercado. Além disso, as altas cifras que devem envolver um eventual negócio, será um desafogo para o deficitário caixa do Botafogo.