Bahia x Wolfsburg

Bahia estreia com derrota para o Wolfsburg em 2017 e pega o Estudiantes (ARG) no domingo(Divulgação)

LANCE!
13/01/2017
16:27
Orlando (EUA)

Em sua primeira partida do ano, o Bahia iniciou o jogo de forma semelhante a maneira que atuou em 2016, que garantiu o acesso à Série A. O time usou 24 dos 25 atletas que foram aos EUA para disputar a Florida Cup. Com segurança, o técnico Guto Ferreira escalou a equipe titular e pôde alterar os jogadores no segundo tempo e testando os recém-contratados. Em um jogo lento, os 90 minutos terminaram com o empate em 0 a 0. Na disputa de pênaltis, o Wolfsburg (ALE) levou a melhor por pouco, conquistando a vitória por 3 a 2.

Do outro lado, o Wolfsburg (ALE) entrou em campo com a equipe do time B, que disputa a 4ª Divisão do Campeonato Alemão e ocupa a 8ª colocação. Durante o primeiro tempo, o time alemão seguiu com as estratégias comuns, dominando o oponente, errando pouco, aproveitando as jogadas dos três setores e pressionando o adversário.


No Bahia, quem teve destaque foi o atacante Edigar Junio, que conseguiu pegar todos os lances direcionados para a linha de fundo. Dos recém-contratados, Armero mostrou boa forma, mesmo que abaixo do esperado, chegando na linha de fundo algumas vezes. O meia Zé Rafael perdeu um gol, após passe de Renê Júnior, que deixou o jogador perto de fazer o gol facilmente.

Aproveitando o segundo tempo, o técnico Guto Ferreira teve a chance de aproveitar os também estreantes Anderson (goleiro), Edson (volante), Gustavo (atacante), Matheus Reis (lateral esquerdo) e Diego Rosa (meia). Porém, nenhum dos jogadores pareciam estar em um bom dia.

Os 90 minutos terminaram com o lamentável placar de 0 a 0, que levou à disputa de pênaltis.
Mas o clube baiano levou a pior, perdendo por 3 a 2. Durante a disputa, o goleiro Anderson se destacou quando pegou um pênalti e se sentiu aliviado ao ver a bola, batida por Wimmer, bater na trave, mas Gustavo, Feijão e Renato Cajá perderam, e o Bahia terminou a partida com a derrota.

No domingo, o Tricolor volta ao campo em uma partida contra o Estudiantes (ARG), em Orlando, antes de se despedir dos Estados Unidos.