Guto Ferreira

Guto Ferreira estreia diante do Oeste(Foto: Divulgação / Site oficial do Bahia)

RADAR/LANCE!
28/06/2016
19:03
Salvador(BA)

O Bahia está em nono na tabela de classificação desta Série B, com 17 potnos conquistados. Para as pretensões do clube na temporada, que é o acesso à primeira divisão, é uma posição incômoda. Para complicar, o Tricolor Baiano atravessa o pior momento da temporada, com quatro derrotas consecutivas, que culminou na demissão do treinador Doriva. 

Guto Ferreira, que entrou no lugar do treinador demitido comentou a fase do clube e a necessidade de contratar para a sequência do campeonato. Ele afirmou, porém, que a escolha dos reforços tem que ser feita com muita cautela e não apenas para acalmar a torcida. 
  
 -A própria direção nos passou ideias e a gente tem conversado. Mas fica um tanto precoce apontar carências. Temos necessidades, e como o presidente nos passou, temos espaço para isso, mas não adianta trazer qualquer um. 

Maré ruim...

Se o momento já não era bom, é possível dizer que ainda piorou: para a partida diante dos paulistas, Guto Ferreira não contará com Moisés, Juninho, Luisinho, Régis, Tinga e Edigar Junio.

 Com tantos desfalques, a comissão técnica promoveu alguns jovens e eles foram relacionados para o jogo contra o Oeste. De acordo com o comandante, os jovens serão requisitados no momento correto. 

 -No primeiro momento, precisamos atacar a estruturação da equipe. Se houve mudança no comando técnico é porque está faltando alguma coisa. Vamos buscar esse equilíbrio. Quando a equipe estiver equilibrada, vamos ter tempo para lapidar um a um e ver quem tem condições de continuidade. Independente de ser jogador formado na base ou que venha reforçar, temos que fazer a melhor equipe possível. Você não pode jogar a responsabilidade na base de ter que resolver.