LANCE!
09/02/2017
21:11
Belo Horizonte (MG)

A estreia de Elias no Atlético-MG foi com vitória de 2 a 0 sobre o Joinville, em jogo válido pela  segunda rodada da Primeira Liga, no Independência, na noite desta quinta-feira.  Fred, de pênalti, e Otero, num belo petardo de falta, garantiram a primeira vitória do Galo na competição, que na estreia havia perdido por 1 a 0 para o Cruzeiro.

 O Atlético jogou sem o atacante Lucas Pratto, acertado com o São Paulo, mas teve um outro retorno importante: o zagueiro Leonardo Silva. Recuperado de uma lesão na coxa, ele não jogava desde outubro. 

O Joinville, que entrou em campo na última quarta-feira pelo Estadual, teve que mandar a campo um time reserva e foi comandado pelo auxiliar Fabinho Santos. 

Com o resultado, os mineiros assumiram a liderança provisória do Grupo C, com três pontos. Já o Joinville, que mandou a campo jogadores reservas, pois jogou na quarta-feira pelo Catarinense, passa a ser o lanterna com um ponto.

Na próxima rodada, o time catarinense receberá o Cruzeiro na Arena Joinville, no dia 22 de fevereiro. Já o Atlético-MG irá enfrentar a Chapecoense na Arena Condá, no dia primeiro de março. No Estadual, as duas equipes voltam a campo domingo. O JEC encara o líder Avaí, em casa,  e o Atlético recebe o Uberlândia

O JOGO
A partida começou com o Atlético-MG mantendo a posse de bola, e a primeira chance veio com Fábio Santos cruzou na cabeça de Fred, que tocou para uma grande defesa de Matheus. No lance seguinte, Cazares e Marcos Rocha tabelaram e o equatoriano chutou à direita do gol do Coelho catarinense.
Depois, Erazo arrancou e tocou para Danilo que cruzou, Matheus cortou e Fábio Santos chutou por cima do gol. Em mais um ataque, Marcos Rocha foi tentar driblar Brenner, mas foi derrubado e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Fred bateu com perfeição e abriu o placar: 1 a 0.

Após o gol, o Galo seguiu soberano na partida e mesmo diminuindo o ritmo, quase ampliou quando Cazares saiu na cara de Matheus mas chutou na rede pelo lado de fora. Pouco depois, Cazares cobrou falta na cabeça de Leonardo Silva, que tocou para fora. O Joinville chegou pela primeira vez após dois cortes errados de Fred, Gustavo Xuxa emendou de primeira e levou perigo ao gol do Galo. Na resposta, Cazares levantou para Otero mandar um voleio mas não pegou em cheio e a bola foi à esquerda do gol. Na última chance da primeira etapa, o Coelho puxou um rápido contra-ataque e Marlyson chutou para fora.

Na segunda etapa, o Galo voltou pressionando e logo assustou quando Otero cruzou na cabeça de Danilo, que tocou para baixo e a bola quicou e subiu, por cima do gol. Depois, Gabriel tocou de cabeça após cobrança de escanteio e novamente Matheus fez uma ótima defesa. Após uma pequena pressão do Joinville, o Atlético-MG respondeu com uma grande jogada individual de Elias, que terminou em finalização do volante pela linha de fundo. No minuto seguinte, Gustavo Xuxa fez toda a jogada sozinho e tocou para Gustavo Ramos chutar por cima do gol.

A partida voltou a ter uma queda no ritmo, até que Otero cobrou uma falta com extrema precisão e violência, no ângulo de Matheus, fazendo 2 a 0 para o Galo. Depois do gol, os treinadores mexeram nas equipes. Uma das mexidas de Roger foi a entrada de Rafael Moura que forçou duas boas defesas de Matheus, mas não conseguiu alterar o placar final da partida.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG 2 x 0 JOINVILLE


Data - Hora: 09/2/2017 - 19h15 (de Brasília)
Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Público / Renda: 13.428 torcedores / R$ 117.610,00
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Cartões amarelos: Danilo (CAM); Brenner e Gustavo (JEC)
Gols: Fred (17'1ºT - 1 x 0) e Otero (22'2ºT - 2 x 0)

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias (Yago - 33'2ºT), Danilo e Cazares (Maicosuel - 17'2ºT); Otero e Fred (Rafael Moura - 29'2ºT). Técnico: Roger Machado

JOINVILLE: Matheus; Jeferson, Igor, Gustavo e Brenner; Júnior Sutil, Gabriel Knapp e Jonathan Ramos (Eduardo Person - 40'2ºT), Breno (Matheus Silva - 17'2ºT), Gustavo Xuxa (Diego Viana - 33'2ºT) e Marlyson. Técnico: Fabinho Santos