Robinho participa do primeiro treinamento do Atlético-MG em 2017

Atacante treinou normalmente, mas Roger pede cautela sobre sua escalação (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

RADAR/LANCE
17/02/2017
16:41
Belo Horizonte (MG)

O técnico Roger Machado não quer queimar etapas quando o assunto é Robinho. Apesar de já estar recuperado de uma pequena fratura em uma das vértebras, o jogador não é presença garantida no clássico deste domingo, contra o América-MG no Mineirão. Por enquanto, o comandante ainda quer esperar um último treinamento para decidir se irá relacionar o jogador.

- A gente tem mais um treinamento no sábado. O Robinho vem sendo inserido na rotina. Estamos avaliando o dia a dia. Hoje (sexta), no fim do treino, ele disse que estava se sentindo bem, mas temos que ter uma cautela. Ainda tem outro treinamento para a gente definir a utilização do Robinho desde o início ou em parte do jogo ou se a gente entender que é melhor trabalhar para a próxima partida - comentou o treinador.

Durante a semana, Robinho voltou aos treinamentos com o grupo. Nesta sexta-feira, o atacante participou normalmente da atividade. O bom condicionamento físico, no entanto, pode não ser o suficiente para garantir a presença do jogador.

- Ele ficou parado duas semanas. Depois iniciou gradativamente, dentro da fisioterapia, um recondicionamento físico. É muito mais o resultado do treino, como sente o volume do treino e como volta para o próximo turno de trabalho. Em relação ao condicionamento físico, o Robinho tem muito lastro, de muitos anos na profissão e pega muito rápido. Não me preocupa isso. O que a gente vai ter de gerenciar é se ele realmente vai estar em condições boas de ir para o jogo - completou Roger.

Conforme já informado, o Atlético-MG fará uma última atividade nesta tarde de sábado na Cidade do Galo. O treinamento, contudo, não será aberto para os profissionais da imprensa. Somente após a atividade, o clube deverá divulgar se Robinho estará ou não na lista de atletas relacionados para o jogo.