Erazo - Atletico-MG

Equatoriano agrediu Kannemann ao dá-lo uma 'gravata' ao fim da decisão (Douglas Magno / AFP)

RADAR / LANCE!
19/12/2016
13:59
Belo Horizonte (MG)

A briga na decisão da Copa do Brasil custou caro a Erazo. A 5ª Comissão do STJD condenou o zagueiro do Atlético-MG a quatro jogos de suspensão devido a uma agressão em Kannemann. Já o defensor do Grêmio foi absolvido no julgamento.

Enquadrado no artigo 254-A, por agressão física, o equatoriano pegou a pena mínima (Erazo estava ameaçado de ser punido por até 12 jogos). O argentino poderia ser suspenso também no mesmo artigo.

Segundo a súmula do árbitro Luiz Flávio de Oliveira, Erazo e Kannemann foram expulsos por conduta violenta por partirem para "a luta corporal" ao fim da partida. O equatoriano deu uma "gravata" no argentino ao fim da decisão, que empatou em 1 a 1 e deu título ao Grêmio.