Luan cutucou Levir e pediu Guardiola no Galo pro ano que vem (Foto: Reprodução TV Galo)

Luan cutucou Levir e pediu Guardiola no Galo pro ano que vem (Foto: Reprodução TV Galo)

RADAR/LANCE!
30/11/2015
20:41
Belo Horizonte (MG)

Depois da derrota para o Grêmio, no domingo, e da viagem de volta para Belo Horizonte, o atacante Luan apareceu cansado na sala de entrevistas da Cidade do Galo nesta segunda-feira (30). E, aparentemente, não estava cansado apenas por ter acordado às 5h30m nem pelo percurso de avião desde Porto Alegre até a capital mineira. Luan está cansado pela longa sequência de jogos. Queria descanso nesse fim de Brasileiro. Queria estar com a segunda colocação do Brasileiro garantida e com a vaga direta na fase de grupos da Libertadores do ano que vem assegurada. Mas, segundo o próprio, o time "deixou para a última rodada" essas definições. Luan queria uma história diferente para esse fim de campeonato. Até com título brasileiro, quem sabe? Por isso, durante a coletiva, o jogador deu uma leve cutucada no trabalho de Levir Culpi, afirmando que o time só aprendeu a jogar fora de casa nos dois dias de trabalho do interino, Diogo Giacomini, à frente do time.  Luan acredita que, se as lições tivessem sido passadas antes, o fim de ano do Galo poderia ser bem melhor:

- Foi interessante. O Diogo (Giacomini), em dois dias de treinamento, fez a gente entender um pouco como a gente tinha que jogar fora de casa. Se a gente tivesse feito isso em alguns jogos do campeonato, acredito que a história teria sido diferente. Jogar compactado, jogar cada jogador se doando o máximo, como foi, dentro da sua posição... Talvez a gente tivesse sido mais feliz. Talvez, pelo menos, tivesse adiado um pouco esse título do Corinthians - declarou o atleta.

Como não é possível voltar no tempo, Luan, agora, pensa no futuro. No jogo contra a Chapecoense, no próximo domingo (6); em matar a saudade da filha quando o campeonato acabar; e também no técnico do Atlético para a próxima temporada. Mas nada de nenhum dos nomes especulados até agora.

- Guardiola. Com ele, a gente joga. A minha preferência é o Guardiola. Se puder... Tem como? - brincou o Luan.


Falando sério, o "Menino Maluquinho" respondeu sobre uma possível volta de Cuca, com quem foi campeão da Libertadores, em 2013. Mas não demonstrou muita animação e até se esquivou.

- Cuca, né? Hum...Tenho nada que falar não. Deixa para o presidente esse pepino. Como eu falei, só vim aqui para ajudar o Galo a ser um time vitorioso. Na importa o treinador. O que vier tem que somar. Os jogadores têm que trabalhar só. Trabalhando, Deus ajuda. O treinador que vier, seja ele qual for, tem que dar o melhor. A gente precisa ganhar um titulo importante em 2016 - concluiu o atacante.

Na tarde desta segunda (30), Luan e os demais jogadores que atuaram na derrota contra o Grêmio fizeram apenas um trabalho regenerativo na academia da Cidade do Galo. Os demais atletas participaram de um treino técnico. Para o jogo contra a Chapecoense, no próximo domingo (6), o técnico Diogo Giacomini conta com o retorno do lateral Marcos Rocha, que cumpriu suspensão na última partida. Por outro lado, não terá à disposição Dátolo e Leandro Donizete que receberam o terceiro cartão amarelo.