icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/08/2015
07:00

A arbitragem de Vinícius Furlan não foi bem aceita pelos jogadores do Atlético-MG, que perdeu para o Figueirense por 2 a 1 e acabou eliminado da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira. Quando o jogo estava 0 a 0, no Orlando Scarpelli, Leonardo Silva foi expulso em lance contestável.

Aos 35 minutos, Léo era o último homem de linha do Galo e matou contra-ataque do Figueira ao puxar Clayton. No entanto, a distância para a grande área defendida por Victor ainda era grande, o que gerou reclamações dos atleticanos, durante e depois do jogo.

- Não dar uma falta no Douglas e expulsar o Léo novamente. Na dúvida é contra a gente. Vamos ver o que a diretoria vai fazer. Está na cara dura - esbravejou Leandro Donizete na saída de campo.

O atacante Luan, titular do Galo contra o Figueirense, também contestou a arbitragem.

- Expulsaram nosso jogador no começo do jogo. Não tem o que falar mais.

O volante Rafael Carioca, que acabou sentindo o desgaste de jogar mais de uma etapa inteira com um jogador a menos, também abordou a questão.

- O cara empurrou, todos viram. É sempre contra o Atlético-MG. 

A arbitragem de Vinícius Furlan não foi bem aceita pelos jogadores do Atlético-MG, que perdeu para o Figueirense por 2 a 1 e acabou eliminado da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira. Quando o jogo estava 0 a 0, no Orlando Scarpelli, Leonardo Silva foi expulso em lance contestável.

Aos 35 minutos, Léo era o último homem de linha do Galo e matou contra-ataque do Figueira ao puxar Clayton. No entanto, a distância para a grande área defendida por Victor ainda era grande, o que gerou reclamações dos atleticanos, durante e depois do jogo.

- Não dar uma falta no Douglas e expulsar o Léo novamente. Na dúvida é contra a gente. Vamos ver o que a diretoria vai fazer. Está na cara dura - esbravejou Leandro Donizete na saída de campo.

O atacante Luan, titular do Galo contra o Figueirense, também contestou a arbitragem.

- Expulsaram nosso jogador no começo do jogo. Não tem o que falar mais.

O volante Rafael Carioca, que acabou sentindo o desgaste de jogar mais de uma etapa inteira com um jogador a menos, também abordou a questão.

- O cara empurrou, todos viram. É sempre contra o Atlético-MG.