Emerson Conceição (Foto: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG)

Emerson Conceição (Foto: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG)

RADAR/LANCE!
01/04/2016
15:14
Belo Horizonte (MG)

Terminou nesta quinta-feira (31) o contrato do lateral esquerdo Emerson Conceição com o Atlético/MG. Contratado em abril de 2014, o jogador cumpriu seus dois anos de contrato. Foram 27 partidas pelo Galo, com 15 vitórias, 5 empates e 7 derrotas - aproveitamento de 61,7%. Emerson Conceição foi titular nos dois jogos do título do Atlético na Recopa Sul-Americana, em 2014, além de ter conquistado o Campeonato Mineiro de 2015.

Com 30 anos e bastante experiência no futebol profissional (Corinthians/PR, Lille/FRA, Benfica/POR, Trabzonspor/TUR e Rennes/FRA), Emerson Conceição passou por algo inédito em sua carreira. Ele foi afastado em novembro de 2014 pela comissão técnica do Atlético/MG após um ato de indisciplina. Em janeiro de 2015, foi reintegrado ao elenco principal pelo técnico Levir Culpi. Mas, pressionado pela torcida nos dois jogos em que atuou no Campeonato Mineiro, acabou não sendo aproveitado novamente. Sua última partida foi no dia 22 de março de 2015, na vitória sobre a Tombense, pelo Estadual.

Mesmo treinando em horário diferente do elenco principal desde janeiro de 2016, Emerson Conceição seguiu rigorosamente a programação estabelecida pelo Atlético. Em sua despedida, o jogador deixou seu agradecimento.

- Depois de dez anos no futebol europeu, foi o Atlético quem me repatriou. Sou muito agradecido ao clube pela oportunidade. Dentro de campo, ajudei o time a conquistar dois títulos. Infelizmente as coisas não aconteceram conforme o esperado, pois eu tenho certeza que podia ajudar mais. Mas não culpo ninguém por isso, são coisas do futebol. Mesmo não jogando, segui tudo o que o clube me solicitou do primeiro ao último dia do meu contrato. Só quero agradecer a todos do Galo: jogadores, funcionários, comissão técnica e diretoria, além dos torcedores e da imprensa. Recebi muitas críticas, mas por outro lado também recebi elogios e incentivos. Faz parte da profissão. Desejo sorte ao Galo na temporada e continuarei torcendo pelo clube - afirmou Emerson Conceição.